Prefeitura de Resende realiza mais obras de reforma e ampliação na Santa Casa

0

RESENDE

Dando continuidade a reforma da Santa Casa do município, a prefeitura iniciou mais uma etapa das obras de melhorias e a ampliação dos atendimentos em áreas sensíveis da unidade. O espaço destinado aos raios-X será revitalizado e o antigo arquivo vai dar lugar a uma sala exclusiva para realização de exames ambulatoriais, endoscopia e colonoscopia. Estes procedimentos atualmente são realizados no Centro Cirúrgico, que com essa mudança terá mais horários para atender casos de média e alta complexidade como cirurgia de cabeça e pescoço, cirurgias de otorrino e cirurgia geral.

Segundo o prefeito Diogo Balieiro Diniz (Democratas) essa mudança foi possível após a digitalização dos antigos arquivos de papéis, que ocupavam a sala a ser reformada. As obras na Santa Casa tiveram início em 2017, contando ainda com uma reformulação administrativa e ajuste financeiro. Com isso, a unidade resgatou a credibilidade e também a confiança da população, que voltou a procurar atendimento no local. “Com a reformulação do fluxo conseguiremos ampliar a oferta desses tipos de exames, considerado de extrema importância para o apoio ao diagnóstico de diversos tipos de câncer”, destacou Diogo, que foi ver de perto o andamento dos trabalhos.

A adequação do espaço vai aumentar a capacidade de atendimento público pelo SUS sem comprometer os demais serviços já oferecidos na unidade. Da mesma maneira, as obras são aprovadas pelos profissionais que atendem na Santa Casa. “Durante o procedimento, é possível visualizar as lesões e fazer a retirada de fragmentos, que são encaminhados à análise histopatológica (biópsia). Nas situações em que as lesões estão em estágio inicial, pode-se fazer a ressecção (retirada total da região afetada) por via endoscópica”, explicou diretor médico da Santa Casa, o gastroenterologista Cleber Goulart, informando que a unidade hospitalar tem realizado um trabalho intenso de humanização, visando a melhoria do serviço prestado ao paciente que busca tratamento especializado na instituição. “As ações envolvem a sensibilização por parte dos profissionais que trabalham com os pacientes, desde a acolhida e preparo, passando pelas orientações explicativas sobre os procedimentos adotados, até a alta com as orientações e retorno com resultado para o médico assistente”, informou.

error: Conteúdo protegido !