Prefeitura de Barra Mansa realiza pelo terceiro ano consecutivo a Olimpíada Brasileira de Robótica

0

BARRA MANSA

Com o objetivo de incentivar o raciocínio e promover a interação entre estudantes e professores, escolas municipais de Barra Mansa participarão pela terceira vez da Olimpíada Brasileira de Robótica. Serão dez escolas que participarão do projeto, somando ao todo 502 alunos. A prova, que acontece na próxima sexta-feira, dia 7, terá duração de duas horas. O conteúdo da avaliação incluirá questões de raciocínio lógico-matemático, probabilidade, Língua Portuguesa, Inglês e Ciências.

Os alunos participarão das provas em suas respectivas escolas, que são as Escolas Municipais Eliete de Oliveira Ferreira, CEI Saturnina de Carvalho e Vieira da Silva, Argemiro de Paula Coutinho, Leonel de Moura Brizola, Francisco Villela, Henrique Zamith, Clécio Penedo, Marcello Drable, CIEP 054 e Padre Anchieta.

De acordo com o subsecretário de Educação, Ricardo Rosas, quando houve a necessidade de unificar as disciplinas de robótica e informática, o resultado alcançado foi muito além do esperado. “Agregar conhecimento técnico aos alunos e também aumentar a capacidade de lecionar nos professores é o nosso principal objetivo. O conhecimento é tudo e a informatização tem dominado os meios em geral. Não podemos deixar nossos alunos fora desse contexto”, expressou.

O subsecretário ainda acrescentou. “Nós estamos tendo um reconhecimento de trabalho tão grande que três professores da rede foram convidados para serem palestrante no Festival Latino Americano de Instalação de Software Livre (FLISOL). Isso é resultado de muito trabalho, dedicação e competência dos profissionais envolvidos”, completou.

PROMOVE UFF

O projeto Promove UFF surgiu de uma iniciativa do Governo Federal com o intuito de divulgar a ciência das engenharias junto aos estudantes de ensino médio. Em Barra Mansa o projeto vem com o objetivo de ser realizado em todas as escolas de 9º ano. As atividades são realizadas por uma equipe de estudantes da graduação da Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda, orientados pelo professor Dilson Caetano. Os alunos participam do planejamento e execução das apresentações de experimentos e demonstrativos que são feitas aos estudantes.

O objetivo é aproximar a universidade da escola trazendo ensino de qualidade para ambas as instituições. O trabalho envolve principalmente experimentos de física ligados à engenharia, com o intuito de despertar a curiosidade e a imaginação, além do interesse pela engenharia.

O município já recebeu a visita do projeto nas escolas CEI – Saturnina de Carvalho e Vieira da Silva, CM Bartholomeu Anacleto e Colégio Municipal Antonio Pereira Bruno.