Prefeitura alerta população sobre notícia falsa de auxílio financeiro para trabalhadores informais, microempreendedores e desempregados

0

RESENDE

A prefeitura, por meio da secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do município, alerta a população sobre as notícias falsas (Fake News) que estão circulando na internet sobre auxílio financeiro, no valor de R$ 600, para os trabalhadores informais, microempreendedores e desempregados como combate aos efeitos do novo coronavírus no país.

A administração municipal informa ainda que aguarda a regulamentação do Governo Federal do auxílio financeiro. A partir daí, a prefeitura ajudará no processo de orientação sobre como retirar o dinheiro, de maneira correta e com menor risco à saúde em tempo de pandemia do coronavírus.

O projeto foi aprovado na última segunda-feira, dia 30, e sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, na tarde de ontem, dia 1º.

De acordo com a secretaria de Assistência Social, com esta etapa do processo ainda em aberto, a população ainda deve aguardar para saber como irá receber o benefício. Assim, por enquanto os possíveis beneficiários não devem procurar os Centros de Referência a Assistência Social (Cras) ou as agências bancárias. “A população não deve ir até as unidades dos Cras em Resende nem aos bancos nesse momento da pandemia da Covid-19. As pessoas devem ficar em casa, protegendo suas famílias e a si mesmo e adotando os hábitos de higiene. Logo, serão anunciadas novas informações”, reforça a secretária de Assistência Social, Jaqueline Primo.

A gestão municipal ressalta também a importância da população ficar atenta aos sites falsos e fake news sobre o benefício, que tem surgido nos últimos dias para obter os dados pessoais.

BENEFÍCIO

O benefício do Governo Federal levará em conta a base de dados do Cadastro Único, como também as informações poderão ser recebidas por um sistema digital ainda em formulação, para atender as pessoas que não possuem ficha nos cadastros federais.

A ideia inicial no caso do Bolsa Família é montar uma folha de pagamento suplementar para os beneficiários que tiverem direito aos R$ 600. Também serão adotadas em breve medidas específicas para os microempreendedores individuais, contribuintes individuais do INSS e informais.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !