Prefeito prorroga decreto de medidas preventivas e de combate ao novo coronavírus em Porto Real

0

PORTO REAL

O Decreto nº 2.477 de 17 de julho, que estabelece regras de prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19) no município, foi prorrogado até o próximo dia 11, pelo prefeito Ailton Marques. A notícia foi dada pelo prefeito durante transmissão ao vivo feita na noite de terça-feira, dia 04.

Entre as determinações, está a multa para quem, após abordagem educativa das autoridades de fiscalização, resistir à colocação de máscaras. Caso não tenha documentação no momento da autuação, o morador será conduzido à autoridade policial. Também ficou estabelecido à ocupação de 30% para restaurantes; restrição de horário de funcionamento de restaurantes e lanchonetes; proibição do consumo de bebidas e alimentos no interior de mercados e mercearias. Além disso, fica proíba a entrada de menores em supermercados; torna-se obrigatório aferição de temperatura dos clientes para os grandes varejistas; define horário de 8 às 10 horas para atendimento de idosos em supermercados; entre outras medidas de contenção à aglomeração e sanitização de estabelecimentos comerciais na cidade. A fiscalização das novas regras ficará a cargo de agentes da Guarda Civil Municipal; Fiscalização de Posturas; Defesa Civil Municipal; Vigilância Sanitária e de Epidemiológica Municipal e Fiscalização Tributária.

Segundo o prefeito Ailton Marques, a medida visa evitar a disseminação da doença e o aumento da curva de contágio. “Acabei renovando o decreto por mais uma semana. Estamos trabalhando para fazer o melhor para a população. Nossa intenção é a prevenção e combate a Covid-19. O que precisamos é ajuda da população para evitar o contágio do novo coronavírus”, disse Marques.

O diretor técnico do hospital, o médico Flávio Barradas, que participou da live, também voltou a explicar sobre a necessidade de evitar aglomerações para tentar baixar a curva de contágio da doença. “A análise que faço é a mesma que pedimos sempre a população nas lives e nas consultas. As pessoas precisam se manter em casa, só sair caso precisar e evitar aglomerações. Ainda estamos tendo relatos de que as pessoas estão fazendo festinhas em casa. Isso não pode. A gente sabe que a transmissão é comunitária. Não adianta não sair e se aglomerar em casa”, disse o médico.

ÁREA EXCLUSIVA PARA PACIENTES DE COVID-19 NO HOSPITAL SÃO FRANCISCO

Durante a live, Ailton Marques também anunciou o funcionamento da área exclusiva para atendimento de pacientes com suspeita ou diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19) no Hospital Geral Municipal São Francisco de Assis. O novo setor de atendimento começou a funcionar nesta quarta-feira, dia 04. “A prefeitura já fez as adaptações na unidade hospitalar que recebeu intervenções com o objetivo de ter uma área exclusiva com seis leitos voltados aos cuidados à Covid-19. As mudanças aconteceram na Central de Vacinas, na Maternidade e na Clínica Médica, contemplam a criação de um Centro de Triagem, onde os pacientes com sintomas de síndrome respiratória serão atendidos de forma isolada dos demais”, disse o prefeito.

“Iniciaremos o atendimento e os testes dos casos de Covid-19 . Vamos pegar os seis leitos e levar os pacientes para lá aos poucos. Vamos separar os pacientes do atendimento do Pronto socorro para um melhor atendimento. Mas isso não impede que casos graves que cheguem no Pronto Socorro sejam atendidos”, disse o diretor técnico do hospital, Flávio Barradas salientando que os leitos especiais para o tratamento do novo coronavírus poderá ser ampliado. “Dependendo do número de casos de Covid-19 temos local para ampliar. Podemos ampliar os seis leitos para mais 12 e todos individualizados”, completou.

error: Conteúdo protegido !