Prefeito do Rio cancela Réveillon por conta da variante ômicron

0

RIO
Foi cancelado hoje, 4, pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, a programação oficial de Réveillon no Rio. O motivo seria a recomendação do Comitê Científico do Estado sobre o temor da nova variante ômicron em todo o país. Numa rede social, o prefeito disse que segue a ciência e, apesar de não ter certeza entre cancelar ou não, ouviu o lado mais restritivo. “Respeitamos a ciência. Como são opiniões divergentes entre comitês científicos, vamos sempre ficar com a mais restritiva. O Comitê da prefeitura diz que pode. O do Estado diz que não. Então não pode. Vamos cancelar dessa forma a celebração oficial do réveillon do Rio”, afirmou Paes.
O prefeito disse que acatará o comando do Estado do Rio, mas que não seria isso que o governador Cláudio Castro estava lhe dizendo. Afirmou que não há garantias de todas as autoridades sanitárias para o evento e por ser uma festa de tão grande dimensão, com gastos e logística, não tem tempo mínimo para preparar com maior segurança. “Espero poder estar em Copacabana abraçando a todos na passagem de 22 para 23. Vai fazer falta mas o importante é que sigamos vacinando e salvando vidas”, finalizou.

VARIANTE
Já existem alguns casos da variante ômicron em estados do Brasil, num total de seis. Há casos em Rio Grande do Sul. São Paulo, Distrito Federal. A variante teve início na África do Sul e autoridades de saúde estão investigando como ela age no organismo das pessoas.