Prefeito de Barra Mansa anuncia novidades em obras do patio de manobras

1

BARRA MANSA/BRASÍLIA

E os pleitos para retomada das obras de readequação ferroviária, o conhecido pátio de manobras, continuam. Mais uma reunião foi realizada na terça-feira, dia 12, na Diretoria de Infraestrutura Ferroviária (DIF) do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Brasília, com o prefeito Rodrigo Drable (MDB), o secretário de Planejamento Urbano de Barra Mansa, Eros dos Santos, o deputado federal Alexandre Serfiotis (PSD), e representantes do órgão federal. Desse encontro o prefeito já informou novidades. Até o mês de março serão iniciadas as obras para construção de 22 casas e o término do viaduto na altura da Saint Gobain. Para o mês de julho, novas intervenções serão realizadas, com a construção de duas novas avenidas. Essas serão feitas com recursos de R$ 19 milhões de emendas da bancada federal do Rio de Janeiro ao Orçamento da União no ano passado.

A construção das casas será necessária porque as mesmas precisam sair de onde estão para o viaduto ser terminado. Essa desapropriação foi oficializada quando no ano passado, após seis anos de obras paralisadas, ficou definido que o Dnit construirá as casas no Campo do Ferroviário. Ao todo, serão desapropriadas 42 famílias, sendo que 22 serão realocadas no campo, no bairro Estamparia, a cerca de 300 metros de onde moram atualmente, e outras cinco famílias na Várzea do Quartel, no Centro. As demais serão indenizadas.

Para essas duas ações, construção de unidades habitacionais e término do viaduto na altura da Saint Gobain, serão R$ 3,9 milhões já licitados.

NOVAS AVENIDAS

O prefeito Rodrigo Drable afirmou ao A VOZ DA CIDADE, que no dia 26 deste mês acontecerá outra reunião no Dnit, na qual o deputado Alexandre Serfiotis também participará, para que sejam definidas as intervenções que serão realizadas com os R$ 19 milhões de emenda de bancada dos deputados federais do Rio de Janeiro que serão liberados. “Foi uma verba conquistada com a ajuda dos deputados Serfiotis e Deley no ano passado. Com ela faremos a urbanização do Centro inteiro e a criação de duas novas avenidas. Tenho um esforço pessoal de tentar incluir uma ciclovia no trajeto que será aberto. Estamos desenvolvendo esse projeto em parceria com o Dnit e pretendemos lutar para que a licitação aconteça até o meio do ano para as obras começarem em julho”, contou Drable, lembrando que essas avenidas serão na área onde atualmente passam as linhas da ferrovia. Das sete existentes, passarão a ser três pares de linha na área central, deixando as laterais abertas para construção de novas avenidas.

Rodrigo Drable ressaltou que toda a execução da obra é feita pelo Dnit e a prefeitura não fará nenhum tipo de contrato. Todo o projeto, segundo ele,  será feito com recurso federal. “Inclusive a emenda de R$ 19 milhões, que trabalhei muito para conseguirmos, está empenhada no orçamento do Dnit. Essa obra estava parada há anos. Conseguimos desatar todos os nós e de quebra vou conseguir regularizar 700 imóveis que estão construídos em área que era de propriedade do Dnit e agora estão sendo transferidos ao município. Além de resolvermos as pendências administrativas, conseguimos aprovar a maior emenda de bancada federal, direcionada a um município para o ano de 2019”, concluiu o prefeito de Barra Mansa.

 

Legenda: Reunião aconteceu em Brasília, no Dnit

1 comentário