Prédio da Prefeitura de Pinheiral tem energia cortada

0

Em seu perfil do Facebook, o prefeito  Ednardo Barbosa (MDB) mostrou técnicos da Light interrompendo o fornecimento da energia elétrica da prefeitura. De acordo com ele, o fato prejudica todo a estrutura administrativa, além da folha de pagamento dos servidores. “É uma atitude irresponsável a partir da negativa da câmara em relação ao parcelamento de 24 vezes da dívida com a companhia elétrica”, destaca o prefeito. A dívida ultrapassa os R$ 500 mil.
O fato aconteceu um dia após o chefe do executivo anunciar, em coletiva de imprensa, um pacote de medidas contendo ações para evitar com que haja a demissão em massa de servidores, e que já serão colocadas em vigência a partir do dia 2 de maio. O decreto tem validade de 90 dias.
Dentre as medidas anunciadas está o horário de atendimento à população nas repartições públicas, que passará a funcionar de 12 às 17 horas; exceto nos setores Saúde, Obras e Educação. Haverá também diminuição no horário de creches, cortes de horas extras e gratificações dos servidores, recadastramento da concessão do vale-transporte, limitação de diárias e viagens, além da redução proporcional do auxílio-alimentação.