Praça Brasil e Ginásio Municipal do Skate serão pontos de vacinação contra Covid-19 no domingo em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
No próximo domingo, dia 28, a Praça Brasil, no bairro Vila Santa Cecília, e o Ginásio Municipal do Skate, localizado no bairro Jardim Tiradentes, serão pontos de vacinação contra a Covid-19 para quem ainda não se vacinou ou precisa receber as segundas e terceiras doses, conforme o calendário divulgado pela Secretaria de Saúde.

O prefeito de Volta Redonda, Antonio Francisco Neto, fez um apelo para que toda população ainda não vacinada, ou com doses pendentes, que compareça aos locais de vacinação no domingo para atualizar a situação vacinal. “Quero fazer um apelo à população de Volta Redonda, mais uma vez, muita gente ainda falta vacinar, principalmente, para a segunda dose. Não deixe para depois estamos montando esses dois pontos de vacinação neste domingo para todos se vacinarem. Outra coisa use máscara. Vamos vacinar, vacine-se por você, pela sua família e por todos” disse Neto.

A proposta para fazer o evento na Praça Brasil foi levada ao prefeito Neto, em uma reunião intermediada pelo vereador Paulo Conrado com a direção do grupo de carros antigos. “Estamos todos pensando em meios de aumentar a capacidade de vacinação da cidade, que já é muito boa. Precisamos sempre reforçar essa luta”, disse o vereador.
Na Praça Brasil, a vacinação será das 8 às 13 horas, e os participantes do Clube de Antiguidades Automotivas apoiarão a ação. No Ginásio Municipal do Skate, a vacinação será das 9 às 19 horas, em paralelo ao campeonato de skate ‘Roots Boards em Chile’, organizado pela Associação dos Skatistas de Volta Redonda, com apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel).

Esquema de vacinação

– 1ª dose para pessoas com 12 anos ou mais;
– 2ª dose para pessoas vacinadas com Pfizer ou CoronaVac até dia 07/11 (intervalo de 21 dias) e AstraZeneca até dia 31/10 (intervalo de 28 dias);
– 3ª dose para pessoas vacinadas com a segunda dose até 04/07

Documentação necessária

As pessoas devem comparecer a um dos pontos de imunização com o cartão de vacinação em mãos. Os moradores que ainda não tomaram a primeira dose devem apresentar um documento de identidade, comprovante de residência, CPF ou cartão do SUS.