Porto Real tem novo protocolo de atendimento para síndromes gripais e Covid-19

0

PORTO REAL

A prefeitura iniciou na quarta-feira, dia 5, o novo protocolo de atendimentos de pacientes com síndromes gripais e com suspeita ou diagnóstico do coronavírus com a criação do Centro de Triagem de Covid-19, em funcionamento na antiga Central de Vacinas.

Segundo o secretário de Saúde do município, Luiz Fernando Curty Jardim, o novo protocolo colabora para evitar o aumento do índice de contaminação. “O objetivo do Centro de Triagem é otimizar o fluxo das consultas realizadas e ainda separar esses pacientes com síndromes gripais da parcela da população que procura o Hospital Geral Municipal São Francisco de Assis por outros motivos, contribuindo consideravelmente para evitar a contaminação desses outros usuários”, informou o secretário.

o novo protocolo colabora para evitar o aumento do índice de contaminação-Divulgação PMPR

O novo local recebeu algumas intervenções tanto em termos de estrutura física, quanto no quadro de profissionais, no intuito de aprimorar as condições gerais de atendimento. “Os pacientes com sintomas gripais passam por uma triagem, onde é feita uma classificação de risco. Em seguida o médico avalia os sintomas relatados, e, de acordo com a avaliação, encaminha esse paciente para realização do teste rápido ou o RT-PCR , que é realizado através do swab (cotonete estéril para coleta de exames microbiológicos). Também podem ser feitos outros exames como o raio x ou tomografia. Vale lembrar que todos esses procedimentos acontecem de acordo com a orientação médica. Em caso de resultado positivo, o paciente pode ser direcionado à internação na Ala Covid-19 ou ainda para isolamento domiciliar”, explicou Luiz Fernando.

ATENDIMENTOS

A nova área exclusiva para atendimentos à Covid-19 funciona isolada das demais áreas do Hospital Geral Municipal São Francisco de Assis. Para isso, foi preciso anexar os serviços de imunização da Central de Vacinas ao Centro de Diagnóstico e Tratamento Henrique Sabadini Filho, dando espaço para o Centro de Triagem.

A Maternidade começou a funcionar junto ao setor de Pediatria. Na área que alocava a Maternidade foi criada a “Ala Covid-19”, com seis leitos para internação exclusiva dos pacientes diagnosticados com a doença. Dessa maneira, os pacientes internados na Clínica Médica também permanecem isolados da Ala Covid-19.

error: Conteúdo protegido !