Porto Real registra a primeira morte causada por Covid-19

0

PORTO REAL

O prefeito Ailton Marques informou, por meio de uma transmissão ao vivo em sua rede social, que o município registrou nesta terça-feira, dia 02, a primeira morte causada pelo novo coronavírus (Covid-19). A vítima foi um idoso de 80 anos, que estava internado aproximadamente 40 dias no Hospital Municipal São Francisco de Assis. Ainda foi informada mais três casos confirmados de coronavírus, chegando a 19 o número de infectados no município. Vale ressaltar que nove pessoas estão curadas da doença. O secretário de Saúde, Luiz Fernando Curty Jardim também participou da live.

Segundo o prefeito, a vítima é muito conhecida no município e estava internada a cerca de 40 dias no Hospital Municipal São Francisco de Assis. “É muito triste esta morte. Presto a minha solidariedade a família deste idoso que faleceu hoje vítima da Cocid-19. É muito desconfortável para nossa cidade registrar o primeiro óbito. Nós estamos lutando com o inimigo invisível ”, disse Ailton.

O secretário de Saúde, Luiz Fernando disse que a vítima tinha comorbidades. “O paciente estava internado há quase 40 dias com outras comorbidades. Ele lutou muito, mas infelizmente veio a óbito. Todos nós estamos tristes com este óbito”, comentou Jardim.

Prefeito Ailton Marques confirma durante transmissão ao vido, a primeira morte registrada em Porto Real-Reprodução Live

CASOS CONFIRMADOS

O prefeito também informou que o município registrou 19 casos confirmados do novo coronavírus. Destes casos, nove pessoas estão curadas por terem passados pelo período de transmissão da doença, duas estão internadas na unidade hopsitalar e sete estão em isolamento domiciliar. Ainda há 31 casos em análise, onde uma pessoa esta internada e 30 estão de quarentena domiciliar. Enquanto que 162 casos foram descartados. “O  número de casos vem subindo e de pessoas mais jovens. E também estamos realizando mais testes rápidos. Dos 60 testes realizados no município, 13 deram resultados positivos e 47 negativos. Além do teste rápido, ainda registramos os casos positivos enviados para o Laboratório Central Noel Nutels  (LACEN_RJ)”, disse Jardim.

ABERTURA DE IGREJAS E TEMPOS

Durante a live, o prefeito Ailton Marques contou que enviou, na segunda-feira, dia 01, ao Ministério Público um decreto visando à flexibilização de igrejas e templos na cidade. No decreto estão estipuladas medias de segurança e de combate ao novo coronavírus para a reabertura dos templos. “Foram estipuladas medidas de segurança, entre elas, as igrejas poderão reabrirem com 30% da capacidade de ocupação; distanciamento de 1,5 m entre as pessoas; termômetro digital para aferir pressão dos frequentadores e se a pessoa tiver mais de 37,7ºC não poderá participar das celebrações; uso de álcool em gel no local será obrigatório para higienização”, disse o chefe do Executivo, informando que teve uma reunião com o departamento jurídico e os membros das igrejas. “Informei que fiz um decreto de flexibilização das igrejas com as medidas de segurança e prevenção da Covid-19. Enviei o decreto para ser analisado pelo Ministério Público. Tudo o que a gente faz aqui submetemos ao MP, que não é órgão consultivo, mas temos que dar uma satisfação para não termos problemas, como ocorreram em outros municípios”, informou Marques que aguarda a resposta do Ministério Público.

error: Conteúdo protegido !