Porto Real amplia atendimento pediátrico em Unidades de Saúde da Família

0

PORTO REAL

A Prefeitura de Porto Real está dando prosseguimento ao processo de descentralização das ações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Foi ampliada a oferta de atendimento pediátrico no município.

Na quinta, 27, a Unidade de Saúde da Família (USF) Centro passou a contar com uma médica pediatra. A profissional de saúde também atenderá sempre nesse mesmo dia da semana na USF do Novo Horizonte. Além das consultas regulares, os pediatras das unidades de saúde também respondem pela puericultura (acompanhamento de rotina da saúde da criança até o segundo ano de vida). Referente a esse procedimento a média de atendimento é de cerca de 400 consultas, a cada quadrimestre deste ano de 2019.

Somando os números das USFs Bulhões e Jardim das Acácias e ainda do Policlínico, onde também acontecem as consultas de pediatria e puericultura, somente no primeiro quadrimestre desse ano a SMS atendeu um total de 3.796 crianças e no segundo 4.355. “A ampliação da oferta pediátrica nas unidades de saúde vem para reforçar nosso compromisso em aprimorar a qualidade no atendimento e facilitar o acesso da população aos serviços de saúde. Estamos ampliando nosso quadro com profissionais concursados, o que favorece a estabilidade nas atividades desempenhadas pela Secretaria de Saúde, dando celeridade aos serviços e trazendo mais conforto aos pacientes”, afirmou o prefeito Ailton Marques.

O secretário de Sáude, Luiz Fernando Curty Jardim, enumerou os atendimentos nas unidades de saúde. “As marcações das consultas acontecem de segunda a sexta, das 8 às 17 horas, em todas as unidades de saúde. Os horários de atendimento são diversos e podem ser consultados diretamente na unidade de referência do paciente. O atendimento pediátrico nas USFs Novo Horizonte e Centro reforçará o número de consultas que acontecem atualmente. Nossa média de atendimento atual por mês é de cerca de mil crianças no Policlínico do Bairro Fátima; 100 crianças no Jardim das Acácias e 50 em Bulhões. A expectativa é que a oferta de consultas seja ampliada gradativamente com a chegada dos novos profissionais concursados”, declarou o secretário, que ainda destacou a importância da descentralização. “Nosso objetivo ao descentralizar os atendimentos é de promover a oferta do serviço pediátrico dentro das unidades ambulatoriais, conscientizando a população, priorizando o Hospital Geral Municipal São Francisco de Assis, nas consultas de urgência e emergência”, finalizou.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !