Porto Real incentiva o setor de agronegócios adquirindo novo trator

0

PORTO REAL

Os serviços de aração, gradagem e plantio, dos cerca de 40 cadastrados na Casa do Produtor Rural de Porto Real será facilitado com a aquisição de um novo trator. O governo municipal anunciou a entrega do veículo em auxílio ao trabalho dos envolvidos no fomento do agronegócio com a produção local.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda o equipamento foi adquirido com recursos próprios do município visando manter a tradição agrícola da cidade. Segundo o prefeito Ailton Marques, o trator vai ajudar na qualidade da produção e assim, incentiva a economia, através do comércio e geração de emprego e renda.

Para o aposentado Evangelista José de Macedo, morador do Centro, o apoio ao produtor local é fundamental. “Tenho 61 anos e lido com a agricultura desde os oito anos de idade. Planto jiló, pimentão, abobrinha, quiabo, feijão, entre outros e considero fundamental esse apoio prestado pelo Poder Público. Esse equipamento é também uma forma de investir o que gastaríamos com a locação do trator em nossa produção”, considerou.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Vanessa Miranda, destacou a importância do investimento no agronegócio do município. “É uma maneira de diversificar a matriz econômica, otimizando a produção e trazendo mais qualidade ao atendimento prestado pela Casa do Produtor Rural. O agronegócio é um mercado onde as oscilações econômicas são consideravelmente menores, se comparadas ao ramo automotivo. Além disso, a produção agrícola possui época certa de colheita, o que não permite atrasos no suporte concedido pela Secretaria. Um equipamento novo, com toda certeza, é fundamental para que todo o processo de produção seja feito dentro dos prazos estabelecidos”, esclareceu Vanessa.

ATIVIDADES

Atualmente, a Secretaria de Trabalho e Renda realiza o levantamento do número de produtores de pequeno e médio porte do município, bem como especificam a produção de cada um deles. “É um trabalho extremamente importante para organizarmos o cronograma de nossas atividades e a demanda a ser cumprida”, informa Vanessa Miranda, que ainda destacou os últimos números da produção local. “Há cerca de três meses doamos cerca de 400 kg de feijão aos produtores e foram colhidas recentemente 50 toneladas. Com a chegada do trator a estimativa é estimular ainda mais a produção. Nos próximos dias vamos realizar doação de sementes de milho”, explicou Vanessa.