Porto Real celebra 24 anos com desfile cívico e grandes shows

0

PORTO REAL

Porto Real completa hoje 24 anos de emancipação político-administrativa e, para celebrar a data, a Rua Estevam Domingos Pederassi recebe, a partir das 9 horas, o tradicional desfile cívico. A programação completa está disponível em https://bit.ly/2C7wGB8.

Com o tema ‘Daqui pra Frente, educação para a vida toda’, o evento visa incentivar os alunos para a vida profissional, como explica o secretário de Educação, Cultura e Turismo, Robson Paulino da Silva. Ele destaca que a educação do município é voltada para uma vida produtiva. “Educar nossas crianças a educação, contribuirá para a construção de uma cultura específica para o município. A escolha do tema foi baseada no programa ‘Daqui pra Frente’, que busca mostrar para o estudante que ele tem um caminho na vida: o de estudo e trabalho”, pontuou o secretário.

Irão participar do desfile, apresentando seus programas e projetos as secretarias de Saúde; Desenvolvimento Rural, Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda; Meio Ambiente; Ordem Pública; Esporte e Lazer; Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação; Educação, Cultura e Turismo.

Participam do desfile as escolas municipais Creche Waldir Roberto da Conceição; Creche Profª Cacilda Verri Marassi; Patrícia Pineschi; José Ferreira da Silva; Cruz e Souza; Ciep 487 Brizolão Oswaldo Luiz Gomes; Sebastião Barbosa de Almeida; Marina Graciani Fontanezzi; Profª Eliana Provazi; e Maria Hortencia Nogueira e Educação Especial. Também desfilarão o Colégio Estadual República Italiana, a Banda Musical da Aman, a corporação do 37º Batalhão de Polícia Militar (PMERJ) e Associação Vittorio Emanuele II.

Continuando a festa, na sexta-feira, dia 8, tem início a 21ª Expo Real, realizada no Parque de Exposições que fica na Estrada Floriano x Porto Real, s/nº, no bairro de Fátima.

Com entrada franca o evento apresenta show gospel, ato profético e show de Jads e Jadson. No sábado, dia 9, a festa terá a presença de Thiago Brava e, no domingo, dia 10, o Grupo Bom Gosto.

Haverá também, shows regionais, praça de alimentação; parque de diversões e estandes variados.

COMO TUDO COMEÇOU

A história e Porto Real começa no final do XIX. O nome está constante presença da Família Real portuguesa que costumava fazer uma parada no lugarejo nos períodos de veraneio, quando chegava de Petrópolis.

A Família Real era abrigada na mansão de Conde Wilson, localizada à época na região. A viagem era feita de trem até o povoado de Floriano (hoje, distrito de Barra Mansa), depois eles subiam de barco o Rio Paraíba do Sul até a mansão e o desembarque ocorria em um pequeno porto às margens do rio. Daí, o nome Porto Real.

Porém, as terras que hoje pertencem a Porto Real tiveram sua colonização efetivamente iniciada no final do século XIX, em princípios de 1875, quando chegaram ao Brasil, a convite de D. Pedro II, os primeiros imigrantes italianos, vindos das cidades de Novi di Modena e Concórdia Sulla Secchia, província de Modena.

A principal atividade econômica da época da colonização era a agricultura, sendo a cana-de-açúcar o principal produto cultivado. Para beneficiar a cana produzida foi construída uma usina açucareira, a primeira indústria de Porto Real e que se tornou o ponto de partida para sua atual tradição industrial.
A colônia continuou crescendo, tornando-se Porto Real o distrito mais importante do município de Resende. Surgiu então a necessidade de uma autonomia político-administrativa, que fez surgir o movimento pró-emancipação. Em 5 de novembro de 1995 foi realizado um plebiscito, onde a população decidiu pela emancipação do então distrito de Resende. O dia 5 de novembro passou a ser considerado o aniversário da cidade.