Policias suspeitos de extorsão são ouvidos em audiência de custódia em Volta Redonda

0

O policial civil, lotado na 101ª Delegacia de Polícia de Pinheiral e o policial militar, do 33º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Angra dos Reis, foram ouvidos, na tarde de ontem, em audiência de custódia. Ambos, que até o fechamento desta edição seguiam detidos na Cadeia Pública, no bairro Roma, antiga Casa de Custódia, são suspeitos de extorquirem dinheiro de um Guarda Municipal e do pai dele. Eles foram detidos, juntamente com outros dois suspeitos, em Vargem Alegre, distrito de Barra do Piraí, na última sexta-feira, 16, por policiais civis da 93ª Delegacia de Polícia (DP).

A audiência aconteceu ao lado da Cadeia Pública do bairro Roma. Vale lembrar que, a audiência de custódia é realizada só quando a prisão é realizada em flagrante. Somente o juiz poderá avaliar se há necessidade dos policiais seguirem presos. Até o fechamento desta edição, eles o caso a sentença não havia sido concluída.

A denúncia que chegou à 93ª DP foi de que alguns homens, se passando por policiais, tentavam extorquirem um Guarda Municipal de Volta Redonda. A informação era de que eles estavam exigindo R$ 60 mil para  não forjar um flagrante de tráfico de drogas e levarem as vítimas para a prisão. Mas não dispondo do valor exigido pelos suspeitos, as vítimas deram a eles R$ 2,4 mil, além de um revólver calibre 38 e um Gol. A extorsão seguiria no dia em que ocorreu a prisão quando as vítimas teriam que pagar mais 2,5 mil. Na ocasião da prisão, os agentes da 93ª DP

apreenderam, além do revolver calibre 38, um tablete maconha. O veículo da vítima também foi recuperado.

Além de terem sido autuados por extorsão, os dois policiais e os outros suspeitos responderão também por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e permitido, tráfico de drogas e associação criminosa.

error: Conteúdo protegido !