Policiais são presos suspeitos de extorsão e associação criminosa em Volta Redonda

5

Quatro suspeitos foram presos entre a noite de sexta-feira, dia 16, e a madrugada de hoje em Vargem Alegre, Barra do Piraí, após ameaças a um Guarda Municipal de Volta Redonda. Segundo informações da 93ª Delegacia de Polícia, o GM informou que o grupo ameaçou a forjar um flagrante de drogas caso o agente não pagasse certa quantidade em dinheiro.

O guarda disse que o bando pediu R$ 60 mil a ele e seu pai, caso contrário, armariam que o mesmo havia sido flagrado com drogas. As vítimas, não tendo o valor total exigido, deram em um dia a quantia de R$ 2,400; em outro, a quantia de R$ 1 mil, mais um revólver calibre 38. Na terceiro dia pai e filho  entregaram um veículo VW/Gol. No acerto, ficou combinado, de acordo com os denunciantes, que no dia 16/02 (última sexta) eles teriam que pagar mais R$2,500.

Em razão destes fatos, agentes lotados na 93ª DP de Volta Redonda diligenciaram até a localidade de Vargem Alegre, município de Barra do Piraí, onde prenderam os quatro suspeitos, sendo um deles da 101ª DP de Pinheiral e outro do 33° Batalhão da Polícia Militar de Angra dos Reis.

Foram apreendidos duas pistolas, um revólver 38, um tablete de erva seca prensada e recuperado o VW/Gol da vítima.

Foram todos atuados por extorsão, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e permitido e tráfico de drogas.

Segundo a 93ª DP, o policial militar, após acionada a supervisão, será entregue ao seu batalhão para apresentá-lo posteriormente para realização de audiência de custódia. Já o policial civil permanece acautelado nas dependências da 93ª DP para apresentação na audiência e custódia.

Os demais presos serão encaminhados a Casa de Custódia, em Volta Redonda.

 

 

 

5 Comentários

  1. A polícia sempre adotou a prática da extorsão, especialmente entre pessoas de poucos recursos que são apanhadas cometendo algum ilícito, por menor que seja. Policiais cometem, também, o crime de forjar flagrantes, colocando drogas e armas dentro de carros e residências a fim de obrigar seus proprietários a pagar para não serem presos. Vergonha!!!!

  2. Esse GM e família que não fiquem espertos e proativos. Certamente os suspeitos não ficaram presos por muito tempo e não se esquecerão do episódio. Onde as coisas foram para em nosso ERJ, membros de forças de segurança suspeitos de ameaça e extorsão entre si próprios, história bizarra.

error: Conteúdo protegido !