Policiais flagram desmatamento e construção irregular em área de preservação permanente na Cachoeira do Poço Encantado

0

MANGARATIBA

Policiais da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAM) flagraram, na sexta-feira, dia 24, uma construção irregular próxima ao leito da Cachoeira Poço Encantado, em Mangaratiba. Os militares receberam informações do Linha Verde sobre crimes ambientais naquela localidade.

De acordo com os agentes da UPAM da Juatinga, quando em cumprimento a ordem de policiamento em Conceição de Jacareí, procederam à Rua José Américo Barbosa, onde encontraram uma construção em alvenaria de 20 metros quadrados, uma área com cerca de 20 árvores de pequeno porte cortadas, além da supressão de vegetação rasteira, totalizando uma área degradada de 360 metros quadrados, tudo a menos de 15 metros do leito da cachoeira. Ao ser questionado pelos policiais militares sobre as licenças necessárias, o responsável pelo terreno informou não as possuir e que construiu a residência a cerca de 20 dias. Ainda segundo ele, foram solicitadas as autorizações junto à Secretaria de Meio Ambiente de Mangaratiba, porém foi avisado que por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as atividades estavam suspensas.

Uma área de 360 metros quadrados, a menos de 15 metros do leito da cachoeira, foi degradada-Divulgação PM

Por ter infringido os artigos 38 e 64 da lei de crimes ambientais, os policiais o encaminharam à 165ª Delegacia de Polícia (DP) de Mangaratiba, onde a ocorrência foi registrada.

Vale frisar que a população pode denunciar crimes ambientais no estado do Rio através do telefone 0300 253 117 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”. Em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

error: Conteúdo protegido !