Polícia identifica corpos encontrados dentro de carro incendiado

0

BARRA MANSA/RESENDE

Valdinor Pires de Paula Ferraz, 20 anos (morador de Vista Alegre) e Aline Vicente Morais, 17 anos, (moradora Vila Nova, em Barra Mansa). Esses são os nomes das vítimas encontradas com os corpos queimados na manhã de domingo, dia 26, na localidade conhecida como “Terra Livre”, no bairro Cidade Alegria, em Resende. As informações são da 89ª Delegacia de Polícia de Resende, onde o caso foi registrado.

O veículo, que foi incendiado próximo à estrada Resende x Riachuelo, foi completamente destruído pelas chamas, restando apenas a carcaça do Corsa, placa KOK 3164, de Volta Redonda, que não havia registro de furto ou roubo no Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp).

Ainda segundo a polícia, o crime pode ter sido acerto de contas e o casal estava junto há cerca de um mês. “O rapaz saiu há três meses da Casa de Custódia, em Volta Redonda, onde estava preso por tráfico de drogas”, informou a polícia.

O A VOZ DA CIDADE também falou com o delegado de Barra Mansa, Ronaldo Aparecido, para saber se o jovem teria envolvimento com a morte de um rapaz na última semana no bairro Vista Alegre, e o mesmo informou que pode ter ligação.

ESCALPELADO

Na manhã da última quinta-feira, dia 23, um crime ocorrido no bairro Vista Alegre chamou atenção da população pela frieza cometida pelo assassino. Um jovem, de apenas 16 anos, teve parte da pele da cabeça arrancada, uma técnica chamada de ‘escalpe’, que no dicionário significa ‘couro cabeludo arrancado e usado geralmente como troféu guerreiro’.

O corpo do adolescente foi encontrado por volta das 6 horas em um local conhecido como ‘Rua Nova’, sendo o nome correto Rua São Pedro, no Loteamento Sofia.

Com o corte feito pelo criminoso, era possível ver parte do crânio do mesmo. Além dessa parte arrancada, outro corte profundo foi feito na nuca do jovem.

error: Conteúdo protegido !