Polícia de Angra prende suspeito da participação na morte de criança de três anos

0

ANGRA DOS REIS/MANGARATIBA

A Polícia Militar confirmou no final da manhã de hoje a prisão de um dos suspeitos de assassinar em março deste ano, em Mangaratiba, a pequena Brenda Valentina Alves Oliveira Aleixo, de três anos. Segundo as primeiras informações, o homem foi detido em Angra dos Reis, no bairro Bracuy. Na última semana, o Disque Denúncia divulgou um cartaz com fotos dos três suspeitos do crime. Uma quarta pessoa já havia sido detida pela suspeita.

O suspeito, Lucas Honório dos Reis, o LC, de 23 anos, foi preso em Angra e encaminhado para a 166ª Delegacia de Polícia; até a publicação desta nota a polícia não tinha passado mais informações sobre a captura.

O CASO E DENÚNCIA

O Disque Denúncia lançou durante a última semana cartaz para obter informações que levem à prisão de Vitor Aguiar de Araújo, o Pit Bull, de 37 e Ricardo dos Santos, de 25. Lucas também estava no cartaz. Eles são os principais suspeitos de participação na morte da menina, atingida por um tiro na cabeça no dia 31 de março, no distrito Conceição de Jacareí, em Mangaratiba. Eles já são considerados foragidos da Justiça.

Os três criminosos são acusados de participação no assassinato de Brenda, e identificados pela polícia e tiveram as prisões preventivas decretadas pela Justiça.

O quarto suspeito acabou sendo preso em flagrante, por um outro crime, e está atrás das grades.

De acordo com a polícia, no dia do crime, atendendo a uma ordem de um traficante, homens dispararam contra um carro próximo a casa da família, quando o pai da menina saia com as filhas, sendo uma de três meses.

A criança foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento de Mangaratiba e, em seguida, removida para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, mas não resistiu ao ferimento. Para a polícia, não há dúvidas de que os quatro participaram do crime.

Ainda segundo a polícia, Lucas Honório e Ricardo dos Santos foram identificados como sendo os dois homens envolvidos diretamente no ataque contra o pai de Brenda. As investigações revelam ainda que LC foi o autor dos disparos que acertaram o carro e atingiram a criança.

Os quatro acusados responderão por homicídio qualificado (praticado por vingança ou motivo torpe), e, em caso de condenação, estarão sujeitos a uma pena de até 30 anos de prisão.

Em decisão exarada pela Justiça, através da Autoridade Policial da 165ª DP de Mangaratiba, delegado titular Anderson Ribeiro Pinto, foi expedido Mandado de Prisão, pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Cartório da Vara Única/Mangaratiba, nº 4704-34.2018.8.19.0030.0001, pelo crime de Homicídio Simples – (Artigo 212 do CP), com pedido de Prisão Preventiva.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos outros dois envolvidos, pode ligar para o 0300 253 1177 ou denunciar pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”. O anonimato é garantido.

Todas as informações serão direcionadas para 165ª DP, que ficou encarregada das investigações e do inquérito criminal.

error: Conteúdo protegido !