Polícia Civil prende suspeito de desmatar florestas e vender terrenos irregularmente em Paraty

0

PARATY

Um homem, de 52 anos, foi preso em flagrante na quarta-feira, 22, por policiais da 167ª Delegacia de Polícia (DP) de Paraty. O preso, segundo o delegado titular Marcello Russo, é suspeito de desmatar florestas, construir e vender irregularmente terrenos parcelados.

O delegado contou que a ação ocorreu no final da manhã, na Rodovia Rio-Santos, no Km 538, na Prainha de Mambucaba. Coordenados pelo delegado, os policiais civis, juntamente com a guarnição da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAM), do 33° Batalhão de Polícia Militar (BPM), foram checar denúncias de uma das vítimas sobre compra de terrenos em área de floresta desmatada com parcelamento ilegal.

No local, os agentes realizaram diligências, constataram as informações e efetuaram a prisão em flagrante do suspeito, que tentou fugir do cerco policial, mas não conseguiu. Ele foi capturado após perseguição na BR 101. O homem foi levado para a 167ª DP, onde foi arbitrada fiança no valor R$ 50 mil, mas até a publicação desta nota, o suspeito permanecia preso.  De acordo co o delegado Marcelo Russo, ele irá responder pelos crimes de destruir floresta, construir sem autorização ambiental e loteamento irregular para fins urbanos em concurso material de crimes.

O delegado pede a colaboração da população para continuar denunciando crimes e criminosos pelo Disque Denúncia21 2253-1177 ou pelo Whatasapp do DD 22 99823-4247. O policial lembra que o sigilo é garantido em todos os canais.