Polícia Civil prende em Itatiaia suspeito de matar agricultor em Guararema (SP)

0

ITATIAIA

Agentes da 99ª Delegacia de Polícia (DP) coordenados pelo delegado titular, Vicente Maximiliano, cumpriram mandado de prisão preventiva contra o pedreiro, Heldo Ponciano Luiz, 47 anos. Ele é suspeito de ter participado, junto com outros três homens, de um latrocínio ocorrido em novembro de 2016, em Guararema, no interior paulista. O agricultor Nelson Junji Koga, 58 anos, foi morto com um tiro em sua casa, localizada no bairro Cerejeiras. O suspeito, que usava nome falso, morava há um ano em Itatiaia. Na última semana, ele, que tem problemas cardíacos, passou mal e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Resende.

Os policiais civis receberam denúncia de que um homem que se identificava como Lucas Luiz Campos Dias seria foragido de Guararema (SP). Após entrarem em contato com o setor de inteligência da Delegacia de Polícia Civil de Guararema descobriram que havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra Heldo Ponciano Luiz. “Em diligências, os policiais descobriram que o suspeito usava um nome falso de Lucas Luiz Campos Dias e que estaria escondido em Itatiaia há um ano. Na semana passada, os agentes localizado o suspeito que estava internado no Hospital Municipal Dr. Manuel Martins de Barros, sendo transferido em seguida, para a UTI de um hospital particular de Resende”, contou o delegado, acrescentando que os agentes foram até a unidade hospitalar para identificar Lucas. “Com do setor de Papiloscopia do Posto Regional de Polícia Técnica-Científica (PRPTC) de Resende conseguimos colher as impressões digitais de Lucas, que na verdade é Heldo. Após a confirmação, o mandado de prisão foi cumprido e o suspeito está sob custódia na unidade hospitalar. Estamos aguardando sua recuperação para que ele possa ser transferido para a Delegacia de Polícia Civil de Guararema”, contou Maximiliano.

O delegado Vicente aproveitou para solicitar a colaboração da população para ajudar com informações de crimes. “A Polícia Civil solicita a colaboração de todos para tornarmos Itatiaia uma cidade mais segura. Qualquer informação pode ser passada para o Disque Denúncia no telefone (21) 2253-1177 ou pela WhatsApp (21) 968021-650. O sigilo é garantido”, informou.

CRIME

De acordo com policiais civis de Itatiaia, agentes da Delegacia de Guararema, informaram que o crime teria ocorrido no dia 05 de novembro de 2016 quando o corpo do agricultor, Nelson Junji Koga, 58 anos, foi encontrado por uma testemunha em um quarto em sua residência no bairro Cerejeiras. “O corpo da vítima estava amarrado e com a cabeça coberta por uma blusa, apresentando um ferimento na cabeça que seria proveniente de uma arma de fogo. Já em um barracão, ao lado do imóvel, foi encontrado objetos, entre eles, televisão, ferramentas, computador, entre outros, que seriam transportados pelos suspeitos. Também durante a investigação, os policiais contaram que desapareceram dois cheques, um no valor de R$15mil e outro de R$20 mil, câmeras de segurança e gravador, produtos agropecuários, além de chaves e recibos de veículos e documentos da vítima, entre outros objetos”, informaram os policiais.

MANDADO DE PRISÃO

O mandado de prisão preventiva foi expedido em dezembro de 2016, pela juíza da Vara Única dado Foro de Guararema, Vanêssa Christie Enande, para que Heldo Ponciano Luiz fosse preso. “Há forte indícios de que os denunciados estejam envolvidos em um crime grave de latrocínio, que é inclusive considerado hediondo. Como narrado pelo Ministério Público, há evidências que os suspeitos desejam se furtar à aplicação da Lei Penal, uma vez que dois deles não se apresentaram na sede policial, bem como não foram localizados na Comarca. Logo, necessária, a prisão cautelar para garantia da aplicação da Lei Penal, preservação da ordem pública e conveniência da instrução criminal, observando-se o caso concreto e a extrema gravidade dos fatos em tese praticado”, informa o mandado de prisão.

SUSPEITO DE ASSALTAR ÔNIBUS INTERMUNICIPAL É PRESO

Na terça-feira, dia 07, agentes da 99ª Delegacia de Polícia (DP) cumpriram mandado de prisão condenatória em desfavor a Claudecir Soares da Silva, 41anos. Após buscas, os policiais encontraram Claudecir em uma casa no bairro Campo Alegre.

Claudecir é suspeito de roubar ônibus da linha intermunicipal Resende X Itatiaia.

error: Conteúdo protegido !