Polícia Civil investiga dois homicídios e duas tentativas de morte no final de semana

0

RESENDE/PORTO REAL/QUATIS

O final de semana foi violento nos municípios de Resende, Porto Real e Quatis. As delegacias da Polícia Civil de Resende e Porto Real, esta última também é responsável pela jurisdição de Quatis, já estão investigando dois homicídios e duas tentativas de morte. Até o fechamento desta edição nenhuma pessoa havia sido presa.

No início da madrugada de domingo, Abel Carvalho da Silva, 34 anos, foi morto a tiros, próximo de sua casa, no bairro Freitas Soares, em Porto Real. Agentes do 37º Batalhão da Polícia Militar (RESENDE) foram acionados por volta de 0:14min para comparecerem na Avenida B para verificar disparo de arma de fogo. “Chegamos no local e encontramos a vítima caída com várias marcas de tiros pelo corpo. Uma ambulância do SAMU ainda socorreu a vítima para o Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori, em Resende. No entanto, foi confirmado que a vítima chegou já sem vida a unidade hospitalar”, contaram os militares.

Já Fernando da Silva Ambrósio, 30 anos, que morava no bairro Morro do Cruzeiro, em Resende, foi morto a tiros na madrugada de sábado. O crime aconteceu na Rua Adolfo Anechino, no bairro Surubi Velho, na periferia da cidade. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 3 horas. “Fomos até o local para verificar a informação de que havia um homem baleado. Quando chegamos, uma viatura do Corpo de Bombeiros estava no local e os paramédicos contataram que a vítima já estava morta”, informou um dos policias, contando que no local, peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) apreenderam um celular e um pino de cocaína.

TENTATIVAS DE MORTE EM QUATIS

Em Quatis foram registradas duas tentativas de morte sofrida por dois jovens, um de 19 anos eoutro de 23 anos, moradores nos bairros Santo Antônio. O crime aconteceu por volta de 6h20min de domingo, na Avenida Roberto da Silveira, no bairro Barrinha. “Fomos até o local para verificarmos disparos de arma de fogo. Na ocasião, entramos em contato com as vítimas, cujos nomes não foram revelados, que contaram que três homens efetuaram vários tiros quando passavam pela Avenida. Os suspeitos fugiram em um Fiat Uno branco de placa não anotada”, contaram os militares que fizeram diligências na casa dos suspeitos localizadas nos bairros Jardim Polastri e Mirandópolis. “Só conseguimos deter dois dos suspeitos”, contatam os militares que levaram os suspeitos para a 100ª Delegacia Legal de Polícia Civil (PORTO REAL), onde um homem de 29 anos, morador no bairro Mirandópolis foi autuado como autor das tentativas de morte.

error: Conteúdo protegido !