Polícia Civil de Resende prende seis pessoas suspeitas de envolvimento em assassinato e em roubos na região

0

 RESENDE

Foram presos neste sábado, dia 16, suspeitos de serem integrantes de uma quadrilha envolvida no latrocínio do fazendeiro Romualdo Gama de Oliveira, de 65 anos, no dia 26 de janeiro, no Acesso Oeste. Tiago Jardim, 32 anos, Pietro Brenner, 22, Felipe Tsuda, 28, e Mairse de Andrade, 49, José Robson Nogueira Moreira, 36, e Leonardo Dias da Silva, 28 anos são os suspeitos. As investigações, lideradas pelo delegado da 89ª Delegacia de Polícia, Michel Floroschk, identificaram Tiago, único preso no dia anterior, sexta-feira, como sendo um dos autores do delito. Ele cumpria pena no sistema prisional e tinha sido solto há poucos dias.

Segundo a Polícia Civil, o trabalho de monitoramento revelou uma organização criminosa que atuava em roubos na região Sul Fluminense, e que era financiada por chefes de uma facção criminosa, que encontram-se presos. “O monitoramento revelou uma verdadeira sociedade criminosa para a realização de roubos na região Sul Fluminense. As investigações demonstraram que tais pessoas eram custeadas pelo Comando Vermelho, por meio de chefes da facção, que estão presos. Tais chefes escolhiam as vítimas e davam suporte logístico para que os marginais realizassem os roubos. Forneciam armas e esconderijo, além de mesadas”, disse o delegado Floroschk.

O delegado informou que enquanto os roubos estavam sendo planejados, os membros dessa quadrilha eram aproveitados em ataques a integrantes de uma facção criminosa rival, visando expandir territórios, principalmente no bairro Paraíso e Barra da Fazenda II. Essa quadrilha, por exemplo, planejava assaltar uma grande joalheira de Resende, por isso teriam se reunido em um bairro às margens da Rodovia Presidente Dutra.

A OPERAÇÃO

Tiago já tinha sido preso na sexta-feira. Policiais civis, com apoio de militares, foram no sábado, simultaneamente, nas residências de Felipe, Pietro e Mairse, para cumprir os mandados de prisão. Para localizar Pietro, foram na casa de José Robson, no bairro Náutico, onde o mesmo fugiu dos policiais e foi capturado logo depois em um pasto. Na casa dele foi encontrado um revólver calibre 38, marca Taurus. Ele teria dito que a arma pertencia a um outro homem, Leonardo, que foi detido em sua casa e confessou, segundo boletim de ocorrência, que teria deixado a arma no sítio e que ela seria sua.

Arma apreendida na ação – Foto: Divulgação

O ASSASSINATO

O fazendeiro Romualdo Gama foi morto no dia 26 de janeiro, na estrada Resende/Riachuelo, após assalto em sua fazenda. Deixou esposa e dois filhos.

Ação da Polícia Civil com os PMs neste sábado – Divulgação

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !