Polícia Civil confirma morte de mulher que foi queimada por companheiro, na Vila Martins, em Itatiaia

0

ITATIAIA
O Grupo de Investigações Gerais (GIC) da 99ª Delegacia Legal de Polícia Civil de Itatiaia, confirmou, nesta tarde, a morte de Sheila Prado dos Santos, 34 anos, que estava internada em um hospital especializado em queimados, no Rio de Janeiro. Sheila teve 70% do corpo queimado. O suspeito seria o marido, Anderson Faturi, 35 anos, mais conhecido como Branco. Até o fechamento desta edição não havia sido informado o local do sepultamento do corpo de Sheila.

O crime aconteceu na noite do dia 7 de setembro. Na época, segundo informações do 37º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Anderson ateou fogo na mulher após uma briga na casa do casal, na Vila Martins.  O caso aconteceu por volta das 20 horas quando o casal se desentendeu em sua residência, situada às margens da Via Dutra. Anderson teria ateado fogo na mulher e em seguida tentado contra sua própria vida, também ateando fogo. Ele foi socorrido para o Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori, em Resende, onde ficou internado sendo liberado alguns dias depois da unidade hospitalar. Já Sheila foi levada para o Serviço de Assistência Médica de Resende (Samer), situado no bairro Montese. Ela foi transferida dias depois para o hospital de queimados, em Nilópolis, na Baixada fluminense.

De acordo com a Polícia Civil, Sheila morreu na manhã desta terça-feira.

Para a Polícia Civil, com a morte de Sheila, o caso será apurado como feminicídio seguido de tentativa de suicídio.

HOMEM É ESFAQUEADO NO JARDIM INDEPENDÊNCIA, EM QUATIS

Até o fechamento desta edição, continuava internado, no Hospital São Lucas, em Quatis, Bruno Gonçalves, 32 anos, residente no bairro Nossa Senhora do Rosário. Ele levou uma facada nas costas, na última segunda-feira. De acordo com a direção da unidade hospitalar, o estado de saúde é regular e não correr risco de morte. No entanto, ficará internado em observação. A dupla formada por Thiago da Silva, 38 anos e Carlos Antônio Martins, 37 anos, também moradores no bairro Nossa Senhora do Rosário, são apontados como suspeito da lesão corporal.

Policiais militares do 37º BPM (Resende)foram acionados para comparecerem na Estrada Quatis X São Joaquim, no bairro Jardim Independência, para verificar uma vítima de tentativa de homicídio. No local, os militares receberam a informação de que a vítima foi socorrida por populares e encaminhada para o Pronto Socorro do Hospital São Lucas. Eles também foram informados sobre os possíveis autores dos crimes. “Com as informações localizamos a casa de Carlos Antônio. Lá encontramos ele e Thiago. Ao serem indagados sobre o crime, Thiago confessou ter esfaqueado Bruno após ter sido ameaçado”, contaram os policiais.

A dupla foi detida e encaminhada para a 100ª Delegacia Legal de Polícia Civil de Porto Real, responsável pela jurisdição de Quatis. Após prestarem esclarecimentos eles foram liberados para aguardar convocação da Justiça.