Polícia Ambiental flagra construção irregular em condomínio do Bonfim, em Angra dos Reis

0

ANGRA DOS REIS

Uma denúncia sobre construção irregular no interior de um condomínio feita ao programa Linha Verde do Disque Denúncia, levou policiais militares ambientais a constatarem na sexta-feira, dia 20, uma intervenção feita sem as devidas licenças sobre uma cachoeira dentro de uma área de preservação permanente no Bonfim.

Os agentes lotados na Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) da Juatinga, responsáveis por averiguar as informações do Linha Verde, informaram que a denúncia citava que dentro do condomínio Refúgio do Corsário, na Estrada Vereador Benedito Adelino, no Bonfim, o síndico realizava uma obra sem autorização dos condôminos e dos órgãos competentes. Nas proximidades de uma cachoeira, estava sendo retirado a permeabilidade do solo, jogando cimento em toda área permeável, além de realizar o corte de árvores centenárias.

A equipe da 4ª UPAm ao constatar a veracidade de denúncia, indagou o síndico a respeito do licenciamento ambiental para tal atividade. Ele informou que não possuía nenhuma autorização. Diante dos fatos e com base no artigo 60 da lei de crimes ambientais, os agentes procederam à 166ª Delegacia de Polícia (DP), onde a ocorrência foi registrada.

Vale salientar que em Angra dos Reis, a população pode denunciar crimes contra o meio ambiente ao programa Linha Verde, pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”. Em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.