PM prende jovens e apreende adolescente suspeitos de tráfico em Resende e Itatiaia

0

AGULHAS NEGRAS

Policiais do 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM) prenderam dois jovens, um de 23 e outro de 19 anos e na apreenderam um adolescente, de 16 anos, suspeitos de tráfico de drogas. No total foram apreendidos 33 pinos de cocaína, a quantia em dinheiro de R$50 e celulares.

No final da tarde de terça-feira, dia 24, os policiais prenderam um jovem, de 23 anos, no bairro Jardim Aliança II, em Resende. Na abordagem, foram encontrados nove pinos de cocaína e a quantia em dinheiro de R$30.

Os militares receberam denúncia de que um homem estaria escondendo drogas em um terreno na Avenida A. O suspeito foi encontrado agachado no matagal. Ele carregada sacola com os pinos de cocaína.

O jovem e o material apreendido foram apresentados na 89ª Delegacia de Polícia (DP). Após perícia foi constatado 32,5 gramas de cocaína. O delegado titular Ronaldo Aparecido de Brito, autuou o jovem por tráfico de drogas, permanecendo preso.

Já em Itatiaia, um jovem, de 19 anos foi preso e um adolescente, de 16 anos, foi apreendido, suspeitos de tráfico de drogas no bairro Marechal Jardim. Uma sacola plástica contendo 24 pinos de cocaína, celular e a quantia em dinheiro de R$20 foi apreendida. Um homem, de 28 anos, também foi detido.

Após receber denúncia dando conta que dois homens, um deles vestindo uma camisa preta e a outra de um time de futebol europeu, estariam vendendo drogas na Avenida Ilhéus, no bairro Marechal Jardim. No local, os policiais abordaram três homens, dois deles com as mesmas características passadas na denúncia. Em revista, os militares encontraram com o jovem a quantia de R$ 20 e com o adolescente, o celular. Ao questionar os suspeitos sobre a denúncia de tráfico de drogas, o jovem e o adolescente confessaram que estariam vendendo entorpecentes. A dupla escondia drogas embaixo de uma madeira, na linha férrea.

O trio foi levado para a 99ª Delegacia de Polícia (DP). O delegado titular, Vicente Maximiliano Barbosa autuou o jovem por tráfico de droga e associação para o tráfico, permanecendo preso. Já o adolescente, vai responder por fato análogo nos mesmos artigos, ficando apreendido. O outro homem, foi arrolado como testemunha. Ele prestou depoimento e foi liberado.