PM prende foragido da Justiça e suspeito de ser o braço direito do tráfico de drogas do Surubi, em Resende

0

RESENDE

Policiais do 37ºBatalhão da Polícia Militar (BPM) prenderam na tarde de terça-feira, dia 09, Paulo Roberto da Silva Mattos, mais conhecido como “Coroa”, 53 anos. Segundo a Polícia Militar, “Coroa” é foragido da Justiça e também suspeito de ser o braço direito do chefe do tráfico de drogas no bairro Surubi. Paulo Roberto pulou do carro em movimento quando tentava fugir do bloqueio da Polícia Militar. O carro que dirigia, um Toyota Corolla de cor prata bateu no muro de um imóvel, nas proximidades da residência oficial do comandante da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). Na ação, os policiais apreenderam no apartamento onde estava residindo, nas proximidades do Parque Zumbi, na região Central da cidade, cinco tabletes e 640 pinos de cocaína, sementes de maconha, duas pistolas calibre 380, 210 munições de calibres 9mm, 38, 44 e 380, além de três carregadores, uma balança de precisão e o Corolla.

A equipe do Setor “Hotel” fazia patrulhamento no Centro Histórico da cidade. Ao passar pela Rua Dr. Cunha Ferreira, deparou com o Corolla, que segundo os policiais, estaria sendo utilizado por um dos chefes do tráfico no bairro Surubi. “Tentamos abordar o veículo, mas o motorista não obedeceu à ordem de parada e fugiu em alta velocidade colidindo em outros veículos estacionados. Mesmo assim continuou a fuga”, contaram os policiais que pediram auxílio com outras guarnições e montaram cerco nas proximidades da casa oficial do comandante da Aman, no Centro da cidade. “Conseguimos abordar o suspeito em frente à residência do comando da Aman. ‘Coroa’, acuado, pulou do veículo em movimento tentando dar continuidade na fuga. O veículo bateu no muro de uma residência. O suspeito acabou preso”, informaram.

Ao tentar fugir, “Coroa” bateu o carro no muro de uma casa nas proximidades da residência oficial do comandado da Aman-Redes Sociais

Os policiais revelaram ainda que em um primeiro momento foi cogitada a possibilidade de o suspeito ser um homem conhecido como “Rogerinho”.

No entanto, ao ser apresentado na 89ª Delegacia de Polícia (DP) foi constatado que seria Paulo Roberto. “Na delegacia foi verificado que ‘Coroa’ já tem passagem por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Também havia um mandado de prisão em desfavor do suspeito”, informaram os militares.

A comandante do 37º BPM, a tenente-coronel Luciana de Oliveira, comentou sobre a prisão de “Coroa”. Ela contou que Paulo Roberto fugiu do sistema prisional no Rio de Janeiro. “O ‘Coroa’ estava foragido da Justiça desde o ano passado. Ele tem grande participação no controle da venda de entorpecentes, sendo o braço direto do chefe do tráfico de drogas na região. Sua prisão foi efetiva para Resende, uma vez que estamos atrás do chefe do tráfico de região”, comentou a comandante, acrescentando que a Polícia Militar continua fazendo o trabalho de combate à criminalidade na Região das Agulhas Negras, mesmo no momento de pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

DROGAS E MUNIÇÕES

Logo após a prisão de Paulo Roberto, o “Coroa” policiais militares receberam a informação de que em um apartamento localizado na Avenida Presidente Kennedy, nas proximidades do Parque Zumbi, na região Central de Resende, havia uma grande quantidade de drogas e armas.

A equipe do Serviço Reservado foi para o local. “Encontramos o apartamento que estava com a porta destrancada. No interior havia um cheiro forte de amônia, material utilizado no refino da cocaína. Em busca, encontramos o material entorpecente, as armas de fogo e as munições”, afirmaram os militares.

error: Conteúdo protegido !