PM localiza grande área desmatada em Angra dos Reis após denúncias  

0

 ANGRA DOS REIS

No último sábado, 4, com objetivo de averiguar denúncias do Linha Verde, no número 0300 253 1177, sobre desmatamento e loteamento irregular, policiais militares da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) Juatinga, estiveram no bairro da Serra D’Água, em Angra dos Reis. Na localidade, a equipe policial constatou crimes ambientais dentro de um terreno com cerca de 30 mil metros quadrados pertencente à área de preservação permanente.

Na localidade da Fazendinha, os agentes fizeram contato com um morador que informou que um determinado homem visita a área de vez em quando, dizendo ser o dono das terras e que corta árvores indevidamente, inclusive instalando cercas de arame farpado e mourões. Os policiais então realizaram buscas na localidade, onde foi possível constatar o corte de dezenas de árvores de pequeno e médio porte, supressão de vegetação e parcelamento do solo em uma área de 30 mil metros quadrados pertencente ao Parque Estadual do Cunhambebe.

Diante das provas e por se basearem no artigo 38 da lei de crimes ambientais, a equipe policial levou o caso para a 166ª Delegacia de Polícia (DP).

É importante lembrar quem desde o início do ano, o Linha Verde, programa do Disque-Denúncia voltado para meio ambiente, já recebeu 134 denúncias sobre crimes ambientais em Angra dos Reis. Para denunciar, a população pode ligar para o 0300 253 1177, que tem custo de ligação local para evitar trotes, ou ainda utilizar o aplicativo “Disque Denúncia RJ” para celulares, enviando fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

 

 

error: Conteúdo protegido !