PM detém 12 suspeitos de Angra em Barra Mansa

2

BARRA MANSA

Agentes da 2ª Cia. do 28° Batalhão da Polícia Militar detiveram no início da tarde de hoje 12 suspeitos de tráfico em três bairros de Barra Mansa, oriundos da Lambicada, em Angra dos Reis. Segundo informações obtidas com exclusividade pelo A VOZ DA CIDADE, um gerente do tráfico do bairro da Costa Verde teria alugado imóveis para os suspeitos, que estariam fugindo das operações para controlar a criminalidade no Litoral, que está em disputa por facções desde o dia 18 deste mês.

“Evitamos uma chacina, pois o pessoal do Terceiro Comando Puro (TCP) estava em pontos tomados pelo Comando Vermelho (CV) aqui na cidade. Porém, eles podem ter certeza que aqui em Barra Mansa não tem espaço para eles e se tiverem pensando em vir, vamos pegá-los”, assegurou a equipe por trás da operação.

Segundo informações da Polícia Militar, os agentes, sob supervisão do capitão Alcimar Videira, começaram uma investigação baseada em denúncia anônima de que supostos traficantes estariam migrando há cerca de uma semana para Barra Mansa. “Fomos informados que eles estavam em bairros distintos da cidade e imóveis alugados pelo chefe do tráfico do Lambicada. Após investigação, localizamos 12 nos bairros Vila Nova, Vista Alegre e Bocaininha”, contou a PM.

Os 12 suspeitos foram encontrados em três bairros de Barra Mansa – Divulgação

Dos 12 apreendidos, sete mulheres e cinco homens foram conduzidos à 90ª Delegacia de Polícia, sendo três crianças de colo que estavam acompanhados das mães. “Uma delas (uma jovem de 14 anos) teve o cabelo raspado com uma faca por um dos suspeitos, que teria descoberto uma possível traição”, revelaram os agentes.

Foram apreendidos mais de três mil pinos vazios para embalar cocaína, 379 sacolés de cocaína de R$ 20, quatro rádios transmissores (três Samsung e um Boafeng), oito baterias de rádio, duas bases de carregador, uma pistola Glock 40 (numeração suprimida), duas munições de 9mm e 16 de .40, e um cinto de guarnição com coldre (de uso militar).

Material apreendido foi contabilizado pela equipe na delegacia, no início da tarde – Fábio Guimas

Todos foram encaminhados à 90ª DP onde terão os nomes investigados.

Até a publicação desta reportagem, não havia confirmação de quem havia sido liberado após prestar depoimento. Em casos das mães serem autuadas e detidas, a delegacia entrará em contato com uma equipe do Conselho Tutelar.

O A VOZ DA CIDADE acompanha o caso e trará mais informações ao longo do dia.

VIOLÊNCIA EM ANGRA

Na tentativa de conter a violência instaurada em Angra devido a disputa entre facções criminosas pelo controle do tráfico de drogas, a Polícia Militar implementou neste final de semana, reforço no efetivo que atende o município. Segundo comunicado divulgado pela PM, o reforço no policiamento e as ações estratégicas em Angra seguem por tempo indeterminado.

“Integrarão as ações, em sistema de escala de rodízio, equipes do 5°, 6°e 7° CPAs (Comandos de Policiamento de Área do Sul Fluminense, Norte Fluminense e Região Serrana), do Comando de Policiamento Especializado (CPE) e da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP). O reforço do efetivo será variável, sendo distribuído de maneira estratégica e obedecendo às informações de Inteligência colhidas sobre a região. Cabe ressaltar que tal movimentação não acarretará em déficit no policiamento das áreas de onde partem os apoios”, diz a nota.

 

2 Comentários

error: Conteúdo protegido !