Pinheiral fará aplicação de segunda dose de Coronavac nesta sexta-feira, dia 14

0

 PINHEIRAL

A Prefeitura de Pinheiral recebeu nesta sexta-feira, 14, 350 doses da vacina Coronavac para aplicação da segunda dose em pessoas que tomaram a vacina entre os dias 22 e 29 de março.  Foram distribuídas também 60 doses do imunizante para a vacinação de gestantes e puérperas. Além da Coronavac, o município recebeu 90 doses da AstraZeneca para atender pessoas a partir dos 40 anos com comorbidades e os grupos específicos acima dos 18 anos. A vacinação será realizada a partir das 13 horas nas Unidades de Saúde da Família, seguindo o mesmo critério já estabelecido. 

O secretário de Saúde Everton Alvim, informou que a primeira dose não perde a eficiência se passado do prazo indicado para aplicação da segunda dose e que o cronograma será concluído tão logo a vacina seja disponibilizada pelo Ministério da Saúde.   

“Neste momento precisamos da compreensão de todos que estão aguardando a segunda dose. São mais de 800 pessoas e entendemos a preocupação de todos. É importante frisar que não é necessário ir ao posto, nossas equipes entrarão em contato com as pessoas que receberam a vacina em março (dias 22 a 29). Os demais terão que aguardar novas remessas da vacina”, disse. 

De acordo com o Plano Nacional de Imunização, as doenças inclusas nessa etapa são: diabetes mellitus; pneumopatias crônicas graves; hipertensão; cardiopatias; doença renal crônica; imunossuprimidos (HIV, câncer, transplantados); anemia falciforme; obesidade mórbida (índice de massa corpórea maior ou igual a 40); síndrome de down e cirrose hepática. Gestantes só poderão ser vacinadas mediante prescrição médica. Confira na íntegra o documento de comorbidades inclusas no Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde: https://www.gov.br/…/plano-nacional-de-vacinacao…/view.

Os grupos específicos acima dos 18 anos são os portadores de Síndrome de Down, insuficiência renal, anemia falciforme, obesidade grau 3, cirrose hepática e imunossuprimidos e transplantados. 

Para receber as doses, no entanto, será necessário reunir documentos para comprovar a condição médica como exames, receitas, laudo, declaração, prescrição ou relatório médico, que demonstre pertencer a um dos grupos de risco estabelecidos pelo Ministério da Saúde, através do PNI. Todos os critérios de vacina e imunização, como público-alvo, quantidade de doses disponibilizadas e idades são previamente estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

 É importante esclarecer ainda que de acordo com a Norma Técnica, do Ministério da Saúde, os municípios não podem guardar vacinas para realizar a segunda dose. A cada remessa recebida tem a quantidade e destinação definida por eles.

 Atenção, às pessoas que estão nesta faixa etária e não possuem cadastro nas Unidades de Saúde do seu bairro, devem regularizar a situação para que as equipes entrem em contato para agendamento e recebimento da vacina. 

error: Conteúdo protegido !