PF desativa carvoaria clandestina na Ilha Grande, em Angra dos Reis

0

ANGRA DOS REIS

A Polícia Federal (PF) desativou na tarde de quarta-feira, 22, uma carvoaria clandestina que funcionava no alto da Ilha Grande, entre a Praia Vermelha e a Praia de Provetá, em Angra dos Reis. No local, os agentes encontraram dois fornos com sinais de uso, recente, diversas árvores cortadas e prontas para serem queimadas, além de uma estrutura em construção em Unidade de Conservação que, segundo o que foi apurado, seria utilizada para armazenar as madeiras cortadas ilegalmente.

Após o flagrante, os policiais realizaram a destruição da estrutura e dos fornos. Apesar de ninguém ter sido encontrado no local, os responsáveis já foram identificados e deverão comparecer à Delegacia de Polícia Federal (DPF) em Angra dos Reis para prestar esclarecimentos.

Vale ressaltar que a pena para quem causa dano a unidade de conservação pode chegar a cinco anos de reclusão e além da multa, arcar com os custos da regeneração da vegetação afetada. Ninguém foi preso.