Pessoas mal-humoradas são mais produtivas, aponta estudo

0

BARRA MANSA

É comum que tenhamos dias ruins, onde nada parece nos animar. Ficamos irritados, e sem paciência para lidar com as adversidades da rotina. Entretanto, estar mal-humorado pode ter seu lado positivo: Segundo um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Waterloo no Canadá, estar em um dia ruim pode aumentar nossa produtividade, fazendo com que tenhamos maior atenção em nossas tarefas.

A administração do tempo e das prioridades também sofreu influências positivas com o mau humor. Entretanto, para que você possa usufruir dos benefícios de um dia ruim, é necessário que sua personalidade esteja de acordo com alguns pré-requisitos.

Se você for uma pessoa temperamental, e tiver intensas respostas emocionais, a tendência é que as emoções permaneçam com você por um longo período. No caso de pessoas mais calmas, a irritação não dura por muito tempo. Para este último grupo, o mau humor não auxiliou no aumento da produtividade. Muito pelo contrário, estes indivíduos tiveram suas taxas de eficácia reduzidas.

Os pesquisadores de Waterloo afirmaram que as descobertas os fizeram entender mais sobre os impactos que as emoções causam nas funções executivas do cérebro, que incluem um grupo de habilidades, como a de memorizar acontecimentos, pensar rápido e prestar atenção aos detalhes.

O estudo reuniu 95 participantes, que foram instruídos a completar nove tarefas distintas, respondendo também a questões sobre seus humores diários e personalidade. Para indivíduos altamente reativos, o mau humor foi associado com uma melhor performance.

Estar de bom humor não causou nenhum impacto na performance cognitiva de nenhum dos participantes, independente de suas personalidades. A explicação para isso, é que pessoas mais irritadas são acostumadas a lidarem com emoções negativas, e acabam conseguindo canalizar bem sentimentos como a pressão.

A psicóloga Ana Paula Silva, destaca que tais resultados não devem incentivar as pessoas a se tornarem constantemente grosseiras e irritadiças. “importante lembrar que a reatividade emocional age de forma diferente em cada pessoa, porém, com o tempo, pode levar à problemas emocionais no futuro. Seu corpo não precisa de nenhum acontecimento mágico para responder com uma carga de bom humor. Atividades de rotina, como uma boa relação sexual ou a prática de exercícios físicos, são capazes de transformar a cara mais carrancuda num sorriso amável. Quem está por trás do fenômeno são os neurotransmissores serotonina, endorfina, dopamina e noradrenalina, produzidos pelo cérebro em resposta a diferentes estímulos com a intenção de nos deixar relaxados”, citou.

Entre as funções dessas substâncias, estão melhorar o humor e a memória, aumentar a resistência e a disposição física e mental, fortalecer o sistema imunológico e a aliviar a sensação de dor. No entanto, não adianta esperar que essas substâncias façam o trabalho sozinhas, é preciso estimular a produção de neurotransmissores em nome do humor.

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !