Pedro Fernandes cumpre agenda no Sul Fluminense neste sábado

1

SUL FLUMINENSE

Neste sábado o candidato a governador do PDT estará no Sul Fluminense cumprindo agenda. Às 9 horas o encontro será em Paracambi para uma caminhada no Centro. Às 11 horas estará em Volta Redonda, onde caminhará ao lado do candidato a deputado estadual, Paulo Baltazar, do mesmo partido. Eles percorrerão ruas dos bairros Retiro e Vila Brasília. A caminhada partirá da Avenida Sávio Gama, altura do Supermercado Vitória,  no Retiro.

Ainda na cidade do Aço, às 13h30min, participará de um evento na Praça Brasil. Às 15 horas se reúne com o prefeito de Porto Real Ailton Marques e lideranças da cidade. Em Resende, às 17 horas, participa do lançamento da candidatura a deputado federal de Roque Cerqueira, atual vereador do PDT. Fechando a noite, às 19 horas participa da Oficina da Festa, no bairro Cidade Alegria.

EM NITERÓI

Sexta-feira, hoje, no segundo dia de campanha, o candidato Pedro Fernandes esteve em Niterói. A primeira agenda foi um encontro com o prefeito Rodrigo Neves (PDT) e lideranças do Barreto, zona norte da cidade. Participaram também o deputado federal Chico D’Angelo (PDT) e o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Bagueira. Depois, Pedro Fernandes seguiu para as barcas, onde foi recepcionado por militantes do partido e conversou com a população.

Depois de cumprir agendas em Niterói, o candidato visitou municípios da Região dos Lagos, como Saquarema, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Arraial do Cabo. Ele estava acompanhado do candidato ao Senado, José Bonifácio. A Região dos Lagos vem sofrendo, nos últimos anos, com o aumento da violência, o que provocou a queda no turismo. Para Pedro Fernandes, potencializar ações na área é essencial, assim como fomentar a pesca artesanal, importante política de investimento da região, e retomar o protagonismo da indústria de extração de sal marinho.

“Todas essas medidas vão aquecer novamente a economia regional, que teve uma redução de 10% na oportunidade de emprego. E isso eu conferi nas ruas. Conheci a Maria Isabel Fortunato, que saiu de Duque de Caxias, onde morava com os filhos, para trabalhar em Saquarema. Ela estava desempregada há cinco anos e esse drama é o de mais de 1 milhão e 300 mil pessoas só no Estado do Rio”, comentou Pedro Fernandes.

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !