Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos lança novos produtos digitais educativos

0

RIO CLARO

O Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos, que permanece fechado, em contribuição com a missão de manter o ensino à distância, reinventou seu Programa Educativo Cultural, ‘virtualizando’ o seu conteúdo. No próximo mês, o Parque lançará dois novos produtos digitais educativos: ‘Tour Educativo Virtual’ e ‘Visita Mediada à Distância’.

O tour educativo explora, em um vídeo de 20 minutos, o trajeto percorrido e as informações compartilhadas durante as visitas escolares presenciais. Já a visita mediada  cumpre o mesmo percurso, mas de maneira coletiva e interativa, usando a plataforma de videoconferência Zoom para conectar os mediadores a várias turmas de alunos.

De acordo com a responsável pelo projeto na Light, empresa proprietária do espaço, Thaís Zambzickis, o distanciamento social transferiu a sala de aula para dentro das casas e dá para imaginar o quão difícil tem sido essa adaptação dos professores à nova realidade. “Pensando nisso, o programa educativo presencial passou para o computador ou celular, oferecendo conteúdos relevantes em formatos atrativos, de forma a auxiliar o trabalho desses educadores”, destaca,

As novas iniciativas somam-se ao ‘Pílulas de Conhecimento’ que, desde maio, distribui conteúdo audiovisual sobre o Parque, organizado em 16 episódios, via plataforma de aprendizagem Google Classroom. O produto foi desenvolvido para ser trabalhado de forma multidisciplinar, abrangendo um leque de conhecimentos e matérias e conta com a participação de alunos de três escolas da região: Colégios Estaduais Fagundes Varela e Rotary, em Rio Claro e Volta Redonda, respectivamente, e o Ciep 493, em Barra Mansa.

A primeira instituição a firmar parceria foi o Colégio Estadual Fagundes Varela, que já contabiliza a participação de 24 turmas, com um total de 568 alunos e seis professores.

A diretora Márcia Rodrigues Nishimura recebeu o convite com otimismo. “Esse período não está sendo fácil, mas, ao mesmo tempo, é uma grande oportunidade de nos recriarmos, descobrindo inúmeras maneiras de multiplicarmos o conhecimento”, diz. A educadora acredita que a experiência será de grande valia no processo de aprendizagem dos jovens, que passarão a ver o Parque com “outros olhos”. “As ‘Pílulas de Conhecimento’ têm o potencial para despertar os alunos para as riquezas de nossa região e a valorização de sua história”, conclui.

O Rotary e o Ciep 493 agora seguem pelo mesmo caminho, com duas turmas, 43 alunos e um professor, e dez turmas, 130 alunos e oito professores, respectivamente.

A linha de produtos digitais educativos do Parque é composta ainda pelas Oficinas Online, Jogos Online, disponíveis em: saojoaomarcos.com.br/produtos-digitais-educativos, e Arqueologia Digital, com estreia em setembro de 2020.

Sobre o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Inaugurado em 2011, o Parque é um espaço educativo e cultural da Light mantido com o patrocínio da empresa, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e recursos do Programa de Eficiência Energética da Aneel.