Parcerias garantem o sucesso da política ambiental em Quatis

0

QUATIS

O desenvolvimento de ações conjuntas para a recuperação das áreas verdes no município tem sido um dos maiores legados a serem celebrados, no Dia Mundial do Meio Ambiente. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), está aproveitando a data para divulgar um importante trabalho que vem sendo realizado em parceria com empresas privadas e a comunidade.

No dia do Meio Ambiente, celebrado no dia 05, o prefeito Bruno de Souza informou que a Prefeitura firmou uma parceria para a recuperação ambiental das áreas verdes através de ações de reconhecimento dos limites do município e reflorestamento com espécies arbóreas nativas da Mata Atlântica. A parceria foi firmada por meio da assinatura de um Termo de Cessão de Uso (Lei Municipal Nº 909/2015), deixa definidos os direitos e as obrigações de cada parte na parceria.

Segundo a secretária de Meio Ambiente, a bióloga Edna Azevedo, as áreas verdes que apresentam as maiores dimensões localizam-se nos bairros do Bondarowsky e Santa Bárbara, contabilizando juntas aproximadamente 7,3 hectares (70.300 m2), dos quais 4,5 hectares (40.500 m2), estão cedidos por meio de um Termo de Cessão de Uso às empresas para compensação ambiental através de reflorestamento e manutenção com aproximadamente 4.500 mudas. “Desde 2013, início da atual gestão municipal, vários Termos de Cessão de Uso foram firmados e vem tendo acompanhamento dos técnicos da secretaria e pelo Grupamento Ambiental”, revela a bióloga.

A engenheira florestal da Secretaria de Meio de ambiente, Cristiane Roppa explica que através dos reflorestamentos com as espécies arbóreas nativas a prefeitura busca recuperar os ecossistemas destas áreas e promover o retorno dos serviços ambientais para a comunidade. “Grande parte das áreas apresentam terrenos em declive e foram alteradas no passado pelo uso com a pecuária, predominando hoje pastagens degradadas, com solo compactado e processos erosivos, que contribuem para assorear córregos e represas”, disse Cristiane, acrescentando que essas condições acabam por afetar a qualidade e disponibilidade dos recursos hídricos, além de deixarem o ecossistema natural empobrecido.

A conservação e recuperação das áreas verdes são importantes para a proteção das nascentes e córregos-Divulgação/PMQ

Para destacar o Dia Mundial do Meio ambiente, o prefeito Bruno ressaltou que sua gestão sempre esteve empenhada em defender e executar uma política ambiental voltada a garantir o desenvolvimento do município de maneira sustentável. Ele destaca importantes ações ambientais de arborização e recuperação de nascentes visando tornar realidade a proposta de crescimento da cidade, mediante a garantia das condições de preservação da qualidade de vida do cidadão. “A conservação e recuperação ambiental das áreas verdes são de extrema importância para o nosso município, pois nelas se encontram muitas nascentes e córregos, que estão desprotegidos. Na Área Verde do Bondarowsky temos a Represa do Lavapés e na Santa Bárbara, a Represa dos Limas, as quais complementam o abastecimento de água, para Município”, afirma o prefeito

PLANO DIRETOR SUSTENTÁVEL

As Áreas Verdes foram previstas no Plano Diretor Participativo, Estratégico e Sustentável de Quatis (Lei n0 881/2015) e também constam no Código Florestal (Lei nº 12.651/2012), artigo 25, que estabelece alguns instrumentos para o poder público municipal implementar as áreas verdes urbanas. Nelas não pode haver presença de animais domésticos (galinhas, equinos, bovinos, caprinos) e construções. As espécies arbóreas exóticas que foram plantadas serão substituídas por nativas, quando atingirem o final do seu ciclo vital. A Secretaria de Meio Ambiente pede a colaboração de toda a comunidade para que denuncie o uso irregular das áreas verdes, através dos telefones: (24)3353-2918, Ramal 1027 (SMMA) e (24) 99945-7371 (Grupamento Ambiental).

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

As áreas verdes de Quatis estão sendo preparadas para o desenvolvimento de futuras ações de educação ambiental, como proposta de valorização da natureza no meio urbano, visando receber alunos e a comunidade, além de buscar promover uma cidade com maior sustentabilidade ambiental, com participação dos serviços ambientais desta futura vegetação.

error: Conteúdo protegido !