Paratienses vão às urnas neste domingo para escolher prefeito e vice

0

PARATY

Neste domingo, 4,  acontece a eleição suplementar para prefeito e vice de Paraty. Os eleitos exercerão mandato até 31 de dezembro de 2020, quando cederão os cargos aos candidatos escolhidos nas eleições municipais do ano que vem. O perfil dos concorrentes, com informações como profissão, grau de instrução, lista de bens declarados, podem ser consultadas em http://divulgacandcontas.tse.jus.br.

Concorrem às eleições em Paraty, em ordem alfabética, seis chapas. São elas: Anderson Maia dos Santos, o Santos Coquinho (PHS) e o vice Claudinei Conti Torres Pinho, o Paizão; Fuad José Minair Neto, o Deco Minair (DC) e o vice Joel José de Sampaio, o Professor Joel; José Carlos Porto Neto, o Zezé, e o vice, Rodrigo Carlos da Silva Penha são os candidatos da coligação “Experiência e Renovação” (PTB/PROS); Lucas José de Oliveira Aquino e a vice Manuela Rubem Alvarenga Vasconcellos pela coligação “Paraty para Todos” (PMB/Avante); Luciano de Oliveira Vidal, o Vidal tem como vice Valdecir Machado Ramiro, na coligação “Paraty Não Pode Parar” (MDB/PP/PDT/Solidariedade/PRB); Ronaldo dos Santos é candidato a prefeito pelo Partido dos Trabalhadores (PT), tendo como vice Gabriela Dutra Gibrail.

A diplomação do prefeito eleito deve ocorrer no dia 15 de agosto. Nas eleições de 2016 a cidade tinha 28.799 eleitores. Votaram 80,54% dos eleitores, com 19,46% de ausências. Neste ano estão aptos a votar os eleitores que possuíam domicílio eleitoral na cidade em 6 de março de 2019, desde que estejam em situação regular com a Justiça Eleitoral. A eleição será das 8 às 17 horas.

A eleição em Paraty foi definida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que manteve na sessão do dia 23 de abril deste ano a cassação do então prefeito Carlos Jose Miranda e do vice Luciano Vidal. Vidal vem para a disputa deste domingo. Os dois foram condenados por abuso de poder político por uso irregular do Programa Paraty, Minha Casa é Aqui. O presidente da Câmara de Vereadores, Valceni da Silva Teixeira (DEM), assumiu o cargo de prefeito e  segue até o novo prefeito ser eleito.

error: Conteúdo protegido !