Pais adotivos celebram o Dia Nacional da Adoção pelas redes sociais

0

BARRA MANSA

Nesta segunda-feira, dia 25, é lembrado o Dia Nacional da Adoção e em tempos de Pandemia as redes sociais é o lugar ideal para fazer com que a causa tenha visibilidade. O Grupo de Apoio à Adoção de Barra Mansa (GAA-BM) falou ao A VOZ DA CIDADE que estão ocorrendo pelo país diversas ações na web que visam a divulgação e conscientização do que significa adotar uma criança.

Diferente dos outros anos, onde na data é realizada uma caminhada pelo Centro de Barra Mansa, neste ano o Grupo de Apoio à Adoção tenta destacar a ideia no Instagram (@adote_gaabm) e Facebook (Adoção, nós adotamos essa ideia). Segundo a mãe por adoção, criadora e coordenadora do grupo, Marcília Leite Arantes, o GAA-BM está divulgando vídeos, gravado pelos membros do grupo, que homenageiam a data. Além disso, um sorteio de um ensaio fotográfico está sendo realizado para as mãe e pais adotivos. O sorteio está acontecendo no Facebook e será encerrado às 17 horas de hoje, dia 25.

A coordenadora detalhou ainda que existem pais por adoção em diversos lugares do país que realizarão uma live falando sobre o tema. “Tem uma família que atualmente mora fora do Brasil, que adotou quatro crianças, que são irmãos, e eram de Barra Mansa. Eles vão fazer a live para levar essa conscientização e também celebrar essa data tão importante”, destacou.

Marcília explicou que a rede social fortificou as ações que precisam de visibilidade, principalmente no meio de uma pandemia. “Essa data é muito importante para nós e essa é a forma que encontramos de comemorá-la”, disse, destacando que são nove mil crianças esperando para serem adotadas e 45 mil pretendentes de adoção no Brasil. “Essa é uma conta que não fecha e queremos mais conscientização sobre isso, sobre o que significa a adoção”, destacou.

Sobre o GAA-BM

Os Grupos de Apoio à Adoção (GAA) são formados, em sua maioria, por iniciativas de pais que adotaram crianças e passaram a trabalhar voluntariamente para a divulgação da cultura de adoção. Em Barra Mansa, o grupo surgiu no dia 8 de outubro de 2015, por conta da falta de informações sobre como adotar uma criança.

error: Conteúdo protegido !