Paes visita Hospital do Olho e anuncia planos para outras regiões

0

RIO

Em visita ao Hospital do Olho Julio Candido de Brito, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, o candidato ao governo do estado do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou nesta terça-feira que, se eleito, pretende implantar quatro outras unidades semelhantes nas demais regiões do estado. Segundo Paes, a ideia é ter uma unidade especializada em procedimentos relacionados a problemas de visão nas regiões Norte-Noroeste, Serrana, Sul e Capital.

“Andei muito na campanha e só ouvi as pessoas falando desse Hospital do Olho em Caxias e resolvi conhecer. Essa é uma experiência que a gente vai levar para pelo menos mais quatro unidades do estado.  Isso aqui é uma experiência fantástica. Você tem a oportunidade de fazer duas mil cirurgias relacionadas a problemas de vista, principalmente catarata, por mês, com custo relativamente baixo. Então isso é uma inspiração que a gente pega para levar a todo estado”, disse Paes.

Paes ainda ressaltou seu compromisso de aplicar na Saúde 15% do orçamento do estado, acima do mínimo constitucional de 12%.  O candidato do Democratas lembrou que, enquanto estava na Prefeitura do Rio, adotou o mesmo tipo de prioridade. No município, o mínimo constitucional para a Saúde é de 15% e ele aplicou 25% em seu governo. “Vou investir pelo menos 15% na saúde pública do estado. O mínimo constitucional é 12%. Atualmente, o estado está colocando 6%. Nós vamos para 15%. Na Prefeitura, o mínimo constitucional era 15% e eu coloquei 25%. Vamos trabalhar muito com as prefeituras”, frisou Paes.
Questionado se aumentar o investimento em Saúde e construir novas unidades hospitalares seria possível diante do quadro de caos financeiro do estado, Paes lembrou sua capacidade de enfrentamento de duas crises econômicas mundiais ao longo de oito anos à frente da prefeitura do Rio. “Enfrentei duas crises mundiais na Prefeitura do Rio: em 2009 e em 2015/2016. A maior recessão da história do Brasil. E nesses dois períodos, a Prefeitura do Rio manteve investimento, contas ajustadas, emprestou dinheiro para o estado na saúde. A saúde de todo o estado é uma prioridade. E a gente vai arrumar a capacidade de investimento do estado na saúde. Na Prefeitura do Rio saí de R$ 2 bilhões para R$ 6 milhões, de 15% do total do orçamento para 25%. Então, vamos investir muito na saúde”, assegurou Paes.

 

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !