Ousadia dos traficantes não se limita mais às comunidades de Angra dos Reis

0

 

O clima na Costa Verde voltou a ficar tenso e traficantes estão pelas ruas de alguns bairros da cidade novamente depois de várias operações realizadas pelo Batalhão de Operações Especiais na última semana. O medo dos moradores ficou ainda maior, visto que tal ousadia não está mais limitada às comunidades. Eles estão se aproximando dos centros urbanos. Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, é possível ver motoristas voltando de ré e manobrando na Rio-Santos durante um intenso tiroteio (ocorrido na tarde de segunda-feira, dia 5).

Traficantes trocaram tiros com a PM durante uma operação dos agentes e motoristas ficam assustados – Divulgação

O clima na cidade está tenso desde o dia 26 de janeiro, quando facções criminosas decretaram estado de guerra na disputa pelo comércio de entorpecentes. O prefeito da cidade, Fernando Jordão (MDB), chegou a pedir auxílio do governo do estado e criticou a calamidade da segurança de Angra dos Reis. “O Estado não pode ficar inerte por maior que sejam suas dificuldades. Angra precisa ter a presença das Forças Nacionais, pois a segurança do cidadão do interior é tão importante como a do morador da Zona Sul do Rio de Janeiro”, disse o prefeito. “O Batalhão da PM deveria ter mil policiais para atender somente ao município de Angra, mas infelizmente tem pouco mais de 400 homens para atender Angra, Paraty, Rio Claro e Mangaratiba. Isso ocorre desde as implantações das UPPs que desviaram policiais do interior para atuar nos morros cariocas”, completou.

No mesmo dia que o prefeito fez criticas e pediu ajuda, na quarta-feira, o Bope chegou na cidade junto com o Batalhão de Operações com Cães e o Batalhão de Choque. Em ações conjuntas com a Polícia Militar e a Polícia Civil, eles realizaram durante dois dias incursões pelos bairros vitimados pelo tráfico, resultando num balanço de 11 mortos, apreensões de armas, munições, drogas e material para o tráfico de entorpecentes; além da recuperação de 11 veículos (furtados/clonados). Diante da calmaria, o Bope deixou a cidade na última sexta-feira. Mas a paz, durou pouco.

‘DANDO AS CARAS’

Não precisou passar muito tempo das operações policias para os bandidos voltarem a ficar a vontade na cidade. No início da semana, membros de facções criminosas voltaram a aterrorizar a população e novos tiroteios foram registrados no Sapinhatuba I e Parque Belém.

“No mesmo dia que o Bope saiu, eles começaram a aparecer. Eles estavam ‘malocados’ e muitos estavam até se escondendo na casa de alguns moradores”, disse uma fonte do A VOZ DA CIDADE, que prefere não se identificar. “Eles não estão nem aí. Andam a qualquer hora do dia armados, atirando e soltando granadas. E os moradores, infelizmente, se tornam reféns do medo. A vida segue, até quando não sabemos”, comentou.

VIDEOS

Um vídeo está circulando na internet mostrando mais de dez homens fortemente armados em plena luz do dia na Avenida Bom Jesus, no Parque Belém, mesmo lugar que eles haviam gravado um outro vídeo na semana passada, quando invadiram o bairro. Na ocasião, o Comando Vermelho assumiu o comando do bairro tomando o ponto de drogas do Terceiro Comando Puro (TCP). Não há confirmação se os homens do novo vídeo são os mesmos do CV.

Um vídeo está circulando na internet mostrando mais de dez homens fortemente armados em plena luz do dia na Avenida Bom Jesus – Divulgação

Sobre as imagens, o delegado titular da 166ª Delegacia de Polícia, Bruno Gilaberte, falou ao A VOZ DA CIDADE que foi instaurado um inquérito para apurar o assunto; questionado, disse que ainda não pode falar mais sobre o assunto para não atrapalhar as investigações.  “Esse vídeo dos carros passando foi por conta da intervenção da Polícia Militar em uma comunidade de Angra. Eles estavam realizando uma operação no local, o que acabou resultando em uma intensa troca de tiros com os traficantes”, disse o delegado. “Quanto ao vídeo dos homens fortemente armados na entrada do Parque Belém, foi instaurado um inquérito policial sigiloso e ainda não podemos passar mais informações sobre ele”, confessou a autoridade.

A Polícia Militar continua realizando operações pelos bairros, mas desde a última semana não se manifesta oficialmente sobre o assunto.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !