Oscar Nora – Sassaricando – 12 de outubro de 2021

0


+

Foto: https://pelethebest.blogspot.com

Neymar aqueceu a mídia no final de semana. Na entrevista que concedeu a Dazn – exibidora televisa pay-per-view de jogos de futebol e outras modalidades do esporte – ele disse que não sabe se terá condições, de cabeça, de aguentar mais futebol depois da Copa do Mundo do Qatar.
+
As declarações do camisa 10 da seleção brasileira surpreenderam e provocaram severas críticas de famosos comentaristas esportivas. Um deles, mais ácido do que limão galego, chegou a afirmar que não lamentará se Neymar resolver não ir nem para a Copa do Qatar
+
Creio que a atuação de Neymar na partida Brasil x Colômbia, domingo passado, contribuiu para a exagerada e rígida opinião. A seleção brasileira jogou muito mal contra a colombiana e Neymar, seguramente, fez sua pior exibição na seleção.
+
Aos 29 e prestes a fazer 30 anos, daqui a pouco mais de três meses, Neymar da Silva Santos Júnior está bem diferente do garoto de 17 anos que o Santos revelou e profetizou que seria o melhor jogador do Brasil e um dos melhores do mundo.
+
No Barcelona e no Paris Saint Germain, Neymar ganhou peso, massa muscular, dinheiro e holofotes. Mas a receita não parece estar lhe fazendo bem. No domingo, Neymar foi um atleta cansado e pouco inspirado ao dar assistência para seus companheiros.
+
Com salário anual próximo dos 37 milhões de euros – o que até uma máquina de calcular com a pilha fraca rapidamente informa que, com esse valor, dá para pagar o salário mínimo a mais de 18 mil trabalhadores brasileiros todos os meses, durante um ano – pode-se dizer que o boi da fazenda do Neymar está na sombra.
+
Inspirado nos comportamentos do Ronaldo Fenômeno e do Ronaldinho Gaúcho, dos quais é fã; no assédio constante que recebe, no eletrizante mundo pop star, na pressão das cobranças que lhe são feitas, pode ser que Neymar esteja pensando em mudar de vida.
+
Por que o rigor da vida espartana que obriga treinos, comedimentos, alimentação, viagens, privações e etc? Muitos craques do passado, não aguentaram e se perderam. Outros atuais também. Como será o epílogo no caso de Neymar?