Organizar para não gastar

0

 

 

Outro dia meu marido resolveu organizar a dispensa e encontrou sete garrafinhas de leite de Coco, a gente não usa uma por mês e daí a pergunta: por que compramos tudo isso? Não compramos as sete de uma vez, a gente ia até o mercado e trazia uma de cada vez, porque na hora de olhar a dispensa, as outras não estavam à vista. Qual é a lição? Quem não se organiza gasta com o que não precisa.

Isso não se aplica só na dispensa, quantas vezes a gente procura uma blusinha porque  está sem roupa para uma ocasião e pensa em comprar uma nova, quando abre o armário tem roupa até que não lembrava mais, acessórios guardados por mais de um ano, utensílios da casa comprados repetidos, e mais um monte de maneiras de deixar o dinheiro escorrer pelo ralo. A CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) fizeram um levantamento e detectaram que 56% dos brasileiros afirmam não conseguir aproveitar a vida porque gasta dinheiro com “bobagens”. Imaginem o tamanho da frustração!

Finanças organizadas é um reflexo de uma vida inteira organizada. Uma ótima maneira de ajudar nosso cérebro a não gastar com o que não precisa é lembrá-lo do que você já tem. Na minha opinião a melhor maneira de manter um ambiente organizado é optar por escolhas simples, minimalistas com o máximo de visibilidade. Existem profissionais no ramo que podem te ajudar a dar um ponta pé inicial nessa vida nova. Organizar as finanças é algo que traz conforto para nossa mente, é bom saber que temos ausência de necessidades, logo posso crer que organizar a vida por inteiro, inclusive nosso ambiente físico é uma atitude essencial para o nosso bem-estar.

Comece para ontem, libera o que você não usa para ser feliz com outra pessoa e abre espaço para um ambiente mais limpo visualmente. Visite regularmente seus armários e ajude seu cérebro a memorizar o que você já tem. Uma técnica muito eficiente é fazer lista para tudo o que for comprar.

Aqui em casa sempre fazemos lista para o mercado, mas na hora de passear pelos corredores, ficava a dúvida se não tínhamos postos alguns itens por esquecimento, assim as sete garrafinhas de leite de coco foram parar na minha dispensa. Agora aprendemos, na hora de fazer a lista olhamos cada pedacinho da dispensa e da geladeira, produtos repetidos, nunca mais.

Aproveitando esta coluna, eu gostaria de pedir ajuda a você leitor. Me mande receitas que eu posso fazer com leite de coco, a validade está quase terminando.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !