Operários intensificam os trabalhos na estrada Surubi-Bulhões em Resende

0

RESENDE

As obras de urbanização e pavimentação da estrada Surubi-Bulhões atingiu esta semana uma nova etapa do cronograma. Segundo a Secretaria de Obras, após todo trabalho de preparação das ruas, com serviços de terraplanagem, drenagem e construção da sub-base das pistas, foi implantado esta semana um colchão Reno (utilizado para revestir, proteger e estabilizar canais e margens de córregos e rios), chapéu guia, acabamento do meio fio, concretagem da canaleta lateral da ciclovia, lançamento de material no aterro de camada da pista de rolamento e a construção de mais um muro com três metros.

Retomada em novembro do ano passado, após ser paralisada em 2016, a obra da estrada com cerca de 8 km de extensão inclui além da pavimentação da via e construção de ciclovia e calçadas, a implantação de serviços de sinalização e iluminação, que vão beneficiar toda rodovia, transformando-a em uma nova alternativa de entrada e saída de Resende, com acesso direto a Dutra, na altura da antiga Ponte dos Arcos. Outra vantagem para a população é que a via também poderá ser utilizada para acessar Porto Real sem trafegar pela Dutra.

De acordo com a secretaria, as equipes trabalham em duas frentes. Uma no sentido Surubi-Bulhões e outra no sentido contrário. “O asfaltamento da estrada deverá ser iniciada após a conclusão desta parte estrutural da via feita esta semana”, informou.

Serviço de construção da sub-base para receber a pavimentação está sendo concluída – Ascom Resende

A secretaria informou ainda que a previsão inicial de conclusão de toda a obra é outubro, mas que pode haver um atraso devido ao período de chuvas que normalmente inicia-se neste mês de setembro.

OBRA

As obras da estrada Surubi-Bulhões contam em seu projeto com a construção de duas pontes que já foram concluídas. Uma no quilômetro 1,6 da via, no sentido Bulhões, e outra no quilômetro 2,4. As duas fazem parte de um projeto global de urbanização da estrada orçada em R$ 25 milhões. Toda a extensão da estrada está recebendo serviços de aterro, corte de talude, instalação de calhas para recolhimento da água das chuvas, construção de galerias e colocação da sub-base, base e meio-fio. Após a pavimentação das pistas, a rodovia receberá também serviços de iluminação e sinalização. O projeto contempla também a implantação de uma ciclovia com dois metros de largura numa das margens da rodovia, e calçadas nas duas laterais.

error: Conteúdo protegido !