Operação prende quatro pessoas com mais de 300 animais silvestres na Via Dutra, em Porto Real

0

PORTO REAL

Uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal e a Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) da Polícia Civil apreendeu na noite de sexta-feira, dia 16, mais de 300 animais silvestres, no km 293, da Via Dutra. Entre os animais apreendidos corujas, macacos, papagaios, vários pássaros de diferentes espécies e jabutis. Quatro pessoas foram presas.

Mais de 190 jabutis estavam sendo transportados em caixas-Divulgação PRF

A prisão aconteceu a partir da troca de informações de inteligência entre os agentes da Polícia Rodoviária e da Civil, policiais rodoviários federais abordaram dois veículos de passeio, um Chevrolet/Ónix Plus e um Hyundai/HB 20. Os veículos saíram de São Paulo com destino ao Rio de Janeiro transportando ilegalmente diversas espécies da fauna brasileira, como macacos, tartarugas, corujas, papagaios, araras e outros pássaros da fauna silvestre. Alguns ainda são filhotes. “Foram resgatados mais de 190 jabutis, quatro macacos, duas corujas, três periquitos, 12 filhotes de papagaios, três pássaros adultos, 25 canários da terra, mais de 75 filhotes de pássaros de diversas espécies e um papagaio Verdadeiro (Serrado). Os animais estavam sendo transportados em gaiolas e caixas de papelão”, contou um policial.

Quatro macacos foram apreendidos-Divulgação PRF

Dois homens de 34 e 21 anos, além de duas mulheres de 24 e 21 anos, foram presos por tráfico de animais silvestres. O quarteto foi encaminhado até a 89ª Delegacia da Polícia Civil de Resende, juntamente com os veículos e os animais resgatados.

De acordo com os policiais, os animais serão encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) de Seropédica, no Rio de Janeiro. “Os animais vão receber os devidos cuidados e procedimentos necessários antes do encaminhamento para soltura no ambiente natural”, informou outro agente.

error: Conteúdo protegido !