Operação conjunta das Polícias Civil e Militar acaba com um morto e suspeito de gerenciar o tráfico de drogas em Penedo preso

0

ITATIAIA

Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar deflagrada na manhã desta sexta-feira, dia 22, na localidade do Vale do Ermitão, na região do bairro Penedo, terminou com um morto e o outro preso, que é suspeito de gerenciar a venda de drogas.  Segundo a Polícia Civil, a ação tinha como objetivo reprimir o tráfico de drogas em Penedo.

Peterson Júnior de Oliveira Silva, 20 anos, que morava na região do Penedo, foi baleado no confronto com as polícias e acabou morrendo no local. Já Anderson Franklin da Silva Motta, 29 anos, mais conhecido como (NH) que mora na Favela Nova Holanda no complexo da Maré, na zona Norte do rio de Janeiro, foi preso. Na operação foram apreendidos uma mochila contendo 190 tiras de maconha totalizando aproximadamente meio quilo, balança de precisão, quatro granadas, duas pistolas de calibres 45 e 9 mm, além de carregadores sobressalentes, munições, celulares e fitas adesivas. O corpo do suspeito foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Resende.

Após perseguição carro dos suspeitos perdeu o controle e caiu em uma ribanceira no quintal de uma residência-Redes Sociais

A operação reuniu agentes da 99ª Delegacia de Polícia e policiais do 37º Batalhão da Polícia Militar (BPM), após planejamento para deter um homem egresso do sistema penitenciário que estaria gerenciando o tráfico de drogas na localidade do Vale do Ermitão, no bairro Penedo. “Durante levantamentos, tivemos a informação de que este homem estaria gerenciando o tráfico de drogas na localidade do Jambeiro. Após todo serviço de inteligência junto com a Polícia Militar recebemos a informação que o suspeito estaria com fuzis, granadas e carregamento de drogas na região de Penedo. Resolvemos fazer a operação nesta sexta-feira para deter o suspeito e outros envolvidos no tráfico de drogas”, contou um policial civil, informando que ao passarem pelo bairro África II, se depararam com o suspeito que estava em um Honda City de cor preta com outro homem. “Fizemos sinal para que parasse o veículo. No entanto, ele não obedeceu à ordem e ainda fez disparos de arma de fogo contra as viaturas das Polícias Civil e Militar. Iniciou-se uma perseguição. Ao passar pela Rua África, o carro do suspeito se desgovernou e caiu em uma pequena ribanceira no quintal de uma residência no Vale do Ermitão. Eles saíram do veículo e começaram a atirar contra os policiais. A agressão foi revidada e um dos homens acabou sendo baleado e morreu no confronto. Já o suspeito de gerenciar a venda de drogas foi preso quebrou uma das pernas na hora que o carro capotou e caiu na ribanceira”, explicou o policial, informando que o Anderson foi encaminhado para o Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori, em Resende. “O Anderson teve que passar por uma cirurgia e está no Hospital de Emergência com escolta da Polícia Militar”, explicou.

Com os suspeitos foram arrecadados as armas de fogo e no veículo as granadas e a carga de droga.

Na delegacia de Itatiaia, o delegado titular Vicente Maximiliano autuou Anderson por quatro tentativas de morte, tráfico de drogas e associação ao tráfico, além de porte de arma de fogo de uso restrito e posse de artefatos explosivos. Em consulta com a Secretaria de Segurança, os policiais descobriram que Anderson foi condenado por tráfico de drogas, roubos a coletivo e estabelecimento comerciais.

VÍDEO

Segundo os policiais, o suspeito estava atuando na região de Penedo há um pouco mais de 15 dias. “Estávamos no encalço do Anderson há 15 dias, desde quando recebemos um vídeo dele se exibindo com um fuzil de assalto calibre 556. Ele é considerado um gerente importante do tráfico de drogas na localidade. Com o trabalho em conjunto com a inteligência da Polícia Militar conseguimos prendê-lo”, informou um policial civil, acrescentando que as polícias Civil e Militar estão em a procura do fuzil de assalto 556. “queremos saber o que ele fez do fuzil que ele se exibia no vídeo”, finalizou.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !