Operação Codinome prende três em Paraíba do Sul com mais de mil pinos de cocaína

0

PARAÍBA DO SUL

Uma grande intervenção policial foi realizada entre os dias de segunda-feira, 27, e terça-feira, 28, no bairro Caminho de Dentro, intitulada como Operação Codinome. O chefe do tráfico na localidade e outros dois criminosos foram presos, além de um menor apreendido. Ao todo foram apreendidas mais de mil pinos de cocaína.

Segundo informações do 38° Batalhão da Polícia Militar, a operação foi mais uma ação integrada de policiais do Serviço Ostensivo da 2ª Cia., do Serviço de Inteligência e da 107ª Delegacia de Polícia (Paraíba do Sul).

Após levantamentos realizados na localidade conhecida como Morro da Maresia, foi apurado que Tiago Crispim, de 31 anos, e conhecido como ‘Tiago Preto’, comandava o tráfico de drogas na área. Segundo a PM, ele havia saído da cadeia há cerca de quatro meses após ter passado quase nove anos na prisão.

“Através dele, outros envolvidos, incluindo menores, integravam um esquema organizado a favor do tráfico no bairro, com uso de rádio comunicadores, codinomes e distribuição planejada das drogas”, informou a polícia, explicando que os agentes descobriram que, para evitar ser identificado, Tiago usa um codinome, exigindo que seus comparsas e amigos se referissem a ele como Pedro, inclusive buscava rebatizar a localidade como “Complexo do Pedro”, algo que pode ser observado em recentes pichações feitas na região.

O chefe do tráfico na localidade e outros dois criminosos foram presos, além de um menor apreendido – Divulgação

OPERAÇÃO CODINOME

Na noite de segunda-feira, a 107ª DP obteve informação de que Tiago teria ido ao bairro Habitat, em Três Rios, utilizando-se de uma motocicleta. Uma equipe da 2ª Cia. abordou o elemento e encontrou com ele uma certa quantidade de cocaína. O condutor do veículo recebeu, que é usuário de drogas, embolsou uma parcela do entorpecente para conduzir o Tiago. O usuário foi autuado e irá responder em liberdade.

Ainda segundo a PM, a partir disso, informações foram obtidas através de levantamentos do 38º BPM dando conta de que elementos que serviam ao Tiago estariam removendo o carregamento de drogas e rádios após a sua prisão. Um menor, de 15 anos, foi flagrado removendo pequena quantidade de cocaína e um rádio comunicador escondido em um barraco. “Ele confessou, diante de uma responsável, que integrava no tráfico como olheiro além de vender entorpecentes. O menor foi apreendido à disposição da Justiça”, explicaram os policiais, contando que demais denúncias foram sendo colhidas integradas aos levantamentos já apurados pelas equipes.

Em uma das diligências, continha a denúncia de que dois participes no tráfico do morro, sendo Gelcimar Modesto da Silva, de 22 anos, e Márcia Cristina Moreira, também de 22 anos, receberam, no dia seguinte à prisão do Tiago, um grande carregamento de drogas escondido dentro de um pneu. Diante dos fatos os mesmos entregaram um pneu de carro sem câmara de ar e montado em um aro. Dentro dele continha 16 bolsas de pinos de cocaína e uma bolsa de tabletes de maconha.

A apreensão totalizou meio quilo de cocaína em 1,2 mil pinos, e outro meio quilo de maconha em 25 tabletes da droga. Ao todo, a apreensão gerou um desfalque de mais de R$12.000 (doze mil reais) para o tráfico.

Todos os envolvidos permaneceram presos à disposição da Justiça pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas, sendo o menor apreendido pelo fato análogo aos mesmos crimes.

Segundo informações do 38° Batalhão da Polícia Militar, a operação foi mais uma ação integrada de policiais – Divulgação

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !