Operação batizada de ‘Caneta Azul’ resulta na apreensão de mais de 1,4 mil pinos de cocaína

0

PARAÍBA DO SUL

Na noite de domingo, dia 3, foi realizada em Paraíba do Sul a Operação Caneta Azul, uma ação conjunta das policiais civil e militar que resultou na apreensão de 1.490 pinos de cocaína dentro de um saco de ração para cachorro. Segundo a Polícia Civil, a droga foi encontrada na localidade conhecida “Jaqueira”, que fica na subida do bairro Jatobá.

No local onde as drogas estavam “havia também uma caneta azul, e os agentes suspeitam que ela era usada para fazer a contabilização do material”, resultando no nome da ação, devido ao recente meme da internet.

O entorpecente estava embalado com etiquetas que continham a imagem do personagem cinematográfico conhecido como “Pânico”, acompanhada da sigla C.V. e de nomes de bairros da cidade.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a operação foi o resultado de um trabalho de inteligência realizado de forma integrada entre os investigadores da 107ª Delegacia de Polícia (DP) e o serviço reservado do 38º Batalhão da Polícia Militar (BPM). As apurações tiveram início no dia 23 de setembro, quando a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na BR 040, na altura de Petrópolis, um casal que agia como “mula” do tráfico de drogas. Eles estavam em um veículo trazendo 1.900 pinos de cocaína com etiquetas do personagem “pânico”, da favela Parque União (Rio de Janeiro) para a cidade Paraíba do Sul. A partir disso, policiais civis e militares descobrir em qual localidade seria escondida aquelas cargas de entorpecentes, caso elas de fato tivessem chegado à cidade. Os agentes então aguardaram a vinda de uma nova remessa de drogas para o município, para que assim pudessem identificar o ponto exato que estava sendo usado como depósito para o tráfico de drogas.

Na noite deste domingo foram reunidos cerca de 15 policiais civis e militares que diligenciaram até o local investigado e, após várias buscas, chegaram até um imóvel em construção onde a material ilícito estava escondido. Ninguém foi preso na operação, mas o objetivo foi alcançado, que era o enfraquecimento de grupos criminosos do interior do estado que buscam conexões com facções criminosas do capital.

error: Conteúdo protegido !