Nutricionista dá dicas para substituir alimentos em falta ou com preços altos

0

BARRA MANSA

Seja por falta dos produtos ou por preços mais elevados que o normal, a greve dos caminhoneiros ainda tem reflexos no dia a dia das pessoas. Para dar dicas de como substituir alimentos que estão em falta ou driblar o preço mais “salgado”, o A VOZ DA CIDADE conversou com a nutricionista Marcella Tamiozzo.

A especialista explicou que os alimentos são divididos em grupos, de acordo com suas características. Portanto substituições podem ser feitas dentro do mesmo grupo, onde os consumidores poderão optar por aqueles que estiverem com preço mais em conta, considerando também a safra. “A batata, por exemplo, encontra-se no grupo dos cereais (ou carboidratos). Neste grupo também constam o arroz, aipim, inhame, massas em geral, além de farinhas como a de mandioca, dentre outros. Carne está no grupo das proteínas. Como a carne vermelha geralmente apresenta um preço mais elevado, pode ser substituída por frango ou ovos que também são boas fontes protéicas”, destacou.

Marcella lembrou que frutas ricas em vitamina C, como a laranja, que estavam em falta, podem ser substituídas por goiaba, limão (suco), caju, acerola, morango, tangerina, mexerica. Banana, fonte de potássio, pode ser substituída por melancia, melão, abacate, uva, abóbora (inclusive sua semente) e também água de coco. Para temperos, na falta de cebola e alho, a profissional disse que pode-se utilizar ervas naturais como manjericão, coentro, açafrão, cheiro verde, orégano, entre outros.

Apesar da maioria dos estoques já estar normalizada, a nutricionista deu dicas ao consumidor que estiver enfrentando dificuldades em encontrar quaisquer frutas, legumes e verduras. “Sugiro suprir as fibras através de outros alimentos como aveia, farelo de trigo, chia, que podem ser acrescentado na dieta, bem como suprir algumas vitaminas e minerais através de laticínios. Outra dica é tentar aproveitar integralmente os alimentos, como por exemplo usar os talos, cascas, folhas e sementes dos mesmos, em preparações como bolos, sopas e sucos”, comentou.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !