Novo comando do 33° BPM quer unir forças com a população para combater à criminalidade

0

ANGRA DOS REIS

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, por meio do 5° Comando de Policiamento de Área do 33° Batalhão da Polícia Militar, realizou na parte da manhã de hoje, às 11 horas, a troca de comando da unidade. O tenente Mauro Silva de Oliveira, que anteriormente era subcomandante do 33° BPM, assumiu o cargo de comandante no lugar do tenente-coronel, Luiz Damião Portela, que estava no posto desde dezembro do ano passado. Mauro Silva

A cerimônia aconteceu na sede do 33° BPM, que fica na Rua Francisco Bezerra, no Parque Mambucaba. Portela assumirá o comando da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar, comandada antes pelo coronel Antônio Jorge Goulart Matos, que assumiu o comando da 5ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), no bairro Vila Mury, em Volta Redonda, na última semana. O local foi comandado durante três anos pelo coronel Igor Magalhães.

Em seu discurso, o tenente Mauro Silva de Oliveira disse que vai trabalhar muito em prol de levar o nome do 33° BPM e da polícia como um todo. “Queremos pedir a colaboração de todos os órgãos parceiros como a Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, entidades civis, prefeituras, todas as forças províeis que possa ajudar a gente a levar o nome deste batalhão e de toda a comunidade de Angra, Mangaratiba, Paraty e Rio Claro”, disse o novo comandante, direcionando os pedidos também aos parceiros do comando.

O coronel Antônio Jorge Goulart, que assumiu no último dia 21 o 5º Comando de Policiamento de Área, participou da troca de comando do 33° BPM. Ele garantiu que irá usar de todo o seu conhecimento para trabalhar no combate à criminalidade, principalmente na área de Angra dos Reis, localidade que está recebendo agora bandidos remanescentes da capital. Garantiu que o a atuação do novo comando não será apenas em Angra, mas sim em todas as cidades abrangidas pelos batalhões cobertos pelo  5º CPA que são o 28º BPM de Volta Redonda, 37º de Resende, 10º de Barra do Piraí, assim como o 33º BPM, de Angra dos Reis.

Na cerimônia de hoje, Jorge Goulart disse que estava muito feliz em retornar a região onde ele iniciou a sua carreira e que juntamente com sua equipe, os batalhões de área, vão procurar fazer o possível para prover a segurança pública. “Angra dos Reis é um local que vai ter uma atenção bastante especial em virtude aos problemas de criminalidade que vem sofrendo. Podem ter certeza que vamos usar todos os recursos possíveis, entre materiais e humanos, da melhor forma possível para tentar manter os índices de forma aceitáveis, trazendo mais segurança para região da Costa Verde”, comentou, confessando que se depender do empenho deles, a população pode esperar por dias melhores. “Temos certeza que estamos com bastante vontade e motivação para empenhar os recursos da forma mais técnica possível e juntamente com a comunidade, fazer com que as informações cheguem nos batalhões das áreas”, finalizou.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !