Notas & Notas – 19 de janeiro de 2022

0

VACINAÇÃO PARA CRIANÇAS AMPLIADA

Devido à baixa demanda pela vacinação de crianças de dez e 11 anos com comorbidades iniciada na última segunda-feira, dia 17, a fim de dar agilidade à campanha e evitar a criação de estoques da vacina, a Prefeitura de Pinheiral, por meio da Secretaria de Saúde, ampliou o público-alvo desta etapa para cinco anos. Em função das poucas doses da vacina distribuídas ao município, a administração da vacina será centralizada na Unidade de Saúde da Família do bairro São Jorge, de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 15 horas. Posteriormente, após a entrega de nova remessa que deve acontecer ainda esta semana, todas as demais unidades também serão abastecidas e preparadas para imunização do público-alvo. Para receber a vacina é necessário que a criança esteja acompanhada do responsável legal e a apresentação de laudo médico indicando a comorbidade de acordo com a lista informada como prioridade no Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

AS COMORBIDADES

Imunodeficiência primária grave, tratamento de quimioterapia para câncer; transplantados em uso de drogas imunossupressoras, uso de drogas modificadoras da resposta imune, doenças autoinflamatórias, pacientes em hemodiálise, com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas ou vivendo com HIV/AIDS.

CENTRO DE TRIAGEM COM HORÁRIO AMPLIADO

Devido ao aumento do número casos da Covid-19 registrado na primeira quinzena desse mês na cidade como em todo o país, o Centro de Triagem da doença no município passou a funcionar até às 19 horas. A distribuição das fichas para atendimento se encerra às 18 horas. Até o momento, o centro recebia as fichas até às 16 horas. Além disso, agora duas médicas estão à disposição da população que procura pelo diagnóstico da doença.  O centro funciona na Rua Francisco Ribeiro de Abreu, em frente ao Pronto Socorro Municipal.

MOSTRA NO ESPAÇO ZÉLIA ARBEX

Foto: Divulgaçao


A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) de Volta Redonda, abre nesta quarta-feira, dia 19, a exposição que vai ocupar o Espaço das Artes Zélia Arbex, na Vila Santa Cecília, até o próximo dia 19 de fevereiro. A mostra terá banners com fotos e textos explicativos sobre patrimônios históricos e culturais tombados da cidade do Aço. As imagens são do arquiteto Themis Ponzio, que atua no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPU) e a curadoria é de Juliene de Paula, da SMC.

OBJETIVO DA MOSTRA

De acordo com o secretário de Cultura de Volta Redonda, Anderson de Souza, o objetivo é apresentar o patrimônio histórico e cultural do município para moradores e visitantes. “Vamos explicar e ressaltar a importância de cada ponto e também citar a data de tombamento”, disse, lembrando que entre os locais retratados estão a Praça Brasil, o Memorial Zumbi, o Centro de Puericultura, o Memorial dos Ex-combatentes e o Hotel Bela Vista.

LOCAIS EM DESTAQUE

Patrimônio histórico e cultural é um bem material, natural, móvel ou imóvel que possua significado e importância artística, cultural, religiosa, documental ou estética para a sociedade, por representar um período ou um tempo passado. O tombamento reconhece o valor cultural deste bem e é instrumento que o Poder Público tem para preservar e demonstrar o valor de construções e áreas e sua importância para a história e memória da cidade. Em Volta Redonda, foram tombados 18 imóveis considerados de importância histórica e cultural da cidade.

VISITAÇÃO

A exposição será aberta ao público hoje e fica em cartaz até o dia 19 de fevereiro. A mostra ainda foi projetada para que o público possa ver o conteúdo pelos vidros, sem necessidade de entrar no salão.

AULA INAUGURAL DO CURSO DE OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS

Foto: Divulgação/PMQ


A cidade Quatis recebeu na noite do último sábado, dia 15, os alunos inscritos no Curso de Operador de Máquinas Pesadas para a aula inaugural, que aconteceu no Ciep 492. O curso, que será realizado na escola durante todo o período, no horário das 19h30min, é uma iniciativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) em parceria com a Prefeitura de Quatis. Além do município, as inscrições também foram abertas para moradores de cidades vizinhas como, Porto Real, Floriano (Barra Mansa) e Passa Vinte (MG). Cerca de 260 pessoas serão capacitadas e certificadas após a conclusão do curso. As aulas serão ministradas pelo coordenador, Jeferson Barros, e pelo gerente do Inea, Junior Moret, contando com cinco sábados de aulas teóricas. Após essa etapa, os alunos serão divididos em turmas de até 30 pessoas e receberão 8 horas de aula prática.

VIA DUTRA COMPLETA 71 ANOS

Já são 71 anos de histórias. Histórias que vão e vem todo os dias. A Rodovia Presidente Dutra, considerada a mais importante do país, completa nesta quarta-feira, dia 19, 71 anos de existência e já pronta para começar a contar novas histórias, mas isso é assunto para março de 2022. Inaugurada em 1951, a então rodovia BR-2 mudou de novo, virou Rodovia Presidente Dutra e passou por transformações que acompanharam o crescimento populacional e econômico do país. Cerca de 25 milhões de pessoas em 36 municípios, incluindo as capitais São Paulo e Rio de Janeiro, fazem parte do trecho rodoviário de 402 quilômetros, caminho por onde é transportado cerca de 50% do Produto Interno Produto (PIB) brasileiro.

INAUGURAÇÃO REDUZ TEMPO DE VIAGEM PELA METADE      

Inaugurada pelo presidente da República, General Eurico Gaspar Dutra, em solenidade realizada na altura da cidade de Lavrinhas (SP), a então BR-2, nova rodovia Rio-São Paulo, ainda não estava completamente pronta, mas já permitia o tráfego de veículos entre a então Capital Federal, Rio de Janeiro, e o polo industrial de São Paulo. Da então ligação Rio-São Paulo, 339 quilômetros estavam concluídos, junto com todos os serviços de terraplenagem e 115 obras de arte especiais (trevos, viadutos, pontes e passagens inferiores). Faltava, porém, a pavimentação de 60 quilômetros entre Guaratinguetá (SP) e Caçapava (SP), e seis quilômetros em um pequeno trecho situado nas proximidades de Guarulhos (SP).

MAIS MODERNA

A nova rodovia foi construída com as mais modernas técnicas de engenharia da época e com equipamentos especialmente importados para isso, o que permitiu a redução da distância rodoviária entre as duas capitais em 111 quilômetros, comparando-se o novo caminho com o traçado da velha rodovia, inaugurada em 1928. A maior parte dessa redução foi possível com a superação de obstáculos naturais, basicamente nos banhados da Baixada Fluminense e na área rochosa da garganta de Viúva Graça, na região de serras entre Piraí e Cachoeira Paulista, e no segmento da Várzea de Jacareí. Além disso, sua concepção avançada permitiu a construção de aclives e declives menos acentuados e curvas mais suaves. Tudo isso representou uma significativa queda no tempo de viagem, de 12 horas, em 1948, para seis horas.

BR-2 COM PISTA SIMPLES

No entanto, a BR-2 contava com pista simples, operando em mão-dupla em quase toda sua extensão. Em dois únicos segmentos havia pistas separadas para os dois sentidos de tráfego: nos 46 quilômetros compreendidos entre a Avenida Brasil e a garganta de Viúva Graça (hoje, Seropédica), no Rio de Janeiro, e nos 10 quilômetros localizados entre São Paulo e Guarulhos, no trecho paulista.

OS INVESTIMENTOS

No total, CR$ 1,3 bilhão (Cruzeiros) foram investido na construção da BR-2, quantia altíssima para os padrões da época. Gastos muito criticados por setores da sociedade civil e pela imprensa, que classificava a obra como “luxuosa”. O governo federal argumentava que o desbravamento do Brasil dependia de caminhos que pudessem ser abertos com rapidez e eficiência e que a modernização da ligação Rio-São Paulo era fundamental para o desenvolvimento nacional.

PROJETO INOVADOR NA CONCEPÇÃO E NA EXECUÇÃO NA ÉPOCA

As obras da nova rodovia representavam, ainda, um grande desafio de engenharia para a época. O “retão” de Jacareí (SP), por exemplo, foi finalizado com a utilização de 12 milhões de metros cúbicos de terra, o equivalente a 1,6 milhão de caminhões cheios, em um aterro submerso de 15 metros de profundidade.

NOVA ESTRUTURA

O apoio operacional da CCR NovaDutra é composto por 11 bases operacionais, localizadas em pontos estratégicos da rodovia para atender rapidamente as ocorrências. São mais de 500 profissionais que atuam 24 horas, em escala de revezamento, para auxiliar quem viaja pela rodovia.

PARECERIA PARA CAMPANHA

Em reunião realizada na última segunda-feira, dia 17, o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder, e a diretora-geral do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), doutora Germana Lyra Bähr, celebraram uma parceria entre as duas instituições com o objetivo de promover ações educativas de prevenção de acidentes de trânsito. Detran e Into planejam confeccionar cartilhas, folhetos e outros materiais educativos, além de estimular, em parceria, a produção de jogos eletrônicos (games), vídeos e outros produtos voltados especialmente para a educação de crianças e adolescentes para o trânsito. O encontro teve também a presença da jornalista Antonia Leite Barbosa, autora da Agenda Carioca, guia de lugares, programas e profissionais da capital do Rio.

ALGUMAS ATIVIDADES

Por sugestão de Konder, o Detran.RJ e o Into vão estudar, por exemplo, a promoção de um hackaton e um festival de curtas com a participação de estudantes, ambos com o tema da educação para o trânsito. O hackaton é uma maratona com desenvolvedores, programadores e inventores para transformar informações de interesse público em soluções digitais.

UBSS DE PARAÍBA DO SUL ATENDEM POPULAÇÃO COM SINTOMAS DE GRIPE

A fim de facilitar o deslocamento das pessoas que estão com sintomas de gripe, a Secretaria de Saúde de Paraíba do Sul criou estratégias para atender esse público no próprio bairro, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Primeiramente é realizada uma triagem com o enfermeiro da UBS, que irá apurar os sintomas do paciente. Caso seja necessário o enfermeiro irá aplicar o teste de Covid-19 ou encaminhá-lo para outros exames.

CURSO SOBRE SISTEMA DE INFORMAÇÃO

A Prefeitura de Pinheiral promoveu por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) em conjunto com o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, um treinamento sobre o Sistema de Informação para a Infância e Adolescência/Conselho Tutelar (Sipia-CT) para conselheiros tutelares e uma profissional da secretaria. A capacitação foi ministrada pelo psicólogo Sérgio Henrique Teixeira, coordenador técnico estadual do Sipia/CT, na Faetec.

O objetivo foi alimentar dados que serão utilizados a níveis municipal, estadual e nacional para formulação de políticas públicas para a Criança e o Adolescente.

ENCONTRO NA SEDE DA OAB/VR

O secretário da Pessoa com Deficiência de Volta Redonda, o pastor Washington Uchôa, esteve com a presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de Volta Redonda (OAB/VR), Carolina Patitucci, na manhã da última segunda-feira, dia 17. O encontro, solicitado pela direção da entidade, teve como objetivo a apresentação de um projeto de acessibilidade para a sede da OAB/VR, na Rua General Newton Fontoura, n° 323, no bairro Jardim Paraíba.

PALESTRA DE PREVENÇÃO CONTRA DOENÇAS

Foto: Divulgação


A Central de Vacina de Porto Real, localizada no Hospital Geral Municipal São Francisco de Assis, foi palco nesta terça, dia 18, de uma palestra sobre os cuidados que a população deve tomar em relação a diversas doenças da atualidade. A enfermeira Angelina Oliveira, que atua na área da saúde há 15 anos, conduziu a palestra onde fez orientações para a população sobre os principais cuidados na prevenção. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a pandemia causada pela covid-19, não é a única doença com que devemos nos preocupar. “Doenças como a dengue, zika vírus, chikungunya, influenza, também são motivos de alerta para a população, e por isso, é importante a conscientização na hora de prevenir contra essas enfermidades”, frisou a subsecretária de Saúde, Verônica Machado.