No aniversário de Barra Mansa, prefeito fala de conquistas

0

BARRA MANSA

Hoje, 3 de outubro, Barra Mansa completa 187 anos. O prefeito Rodrigo Drable falou sobre as conquistas da cidade ao longo dois anos e nove meses de sua administração. Citou problemas enfrentados por conta do governo anterior, que serão sentidos por ainda dez anos, mas frisou que Barra Mansa está administrativamente saudável atualmente.

Segundo Drable, nesse e no próximo ano muitas obras serão inauguradas. Ele citou algumas, como o asfaltamento da Avenida Albo Chiesse, Centro, os principais acessos aos bairros Boa Sorte, São Luiz e Água Comprida; recapeamento das ruas José Hipólito (Cotiara), Governador Chagas Freitas (Colônia Santo Antônio) e Avenida Homero Leite (Saudade). Todas com recursos próprios. Está ainda para começar a obra de drenagem na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Ano Bom, com recursos de emendas dos deputados federais, Rodrigo Maia e Alexandre Serfiotis, com contrapartida da prefeitura.

Há ainda o término da construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Saudade, estimada em R$ 68 milhões, verba oriunda da União. Essa obra será entregue no próximo mês. Haverá outras inaugurações, como a subprefeitura da Região Leste, Estação de Tratamento de Água (ETA) da Vista Alegre, reforma do Parque de Saudade, reforma do Centro de Especialidades Médicas (CEM), entrega do Centro Esportivo do Parque da Cidade (duas quadras de vôlei de areia, campo de futebol de areia, um campo de grama sintética e a pista de skate), entrega do Centro de Reabilitação na Região Leste, local onde funcionava a UPA. Ainda serão entregues três creches, quatro já foram inauguradas, além de outras ações.

Para alavancar a economia de Barra Mansa, o prefeito Rodrigo Drable espera a inclusão da cidade na Lei de Incentivo Fiscal do Estado, que está em tramitação na Alerj. “Estamos trabalhando para o desenvolvimento do distrito industrial na Edimetal, que será cedida para Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codim), para vinda de novas empresas para a cidade”, lembrou o prefeito.

AINDA PAGANDO CONTA

O prefeito Rodrigo Drable disse sempre é bom relembrar o estado em que a prefeitura estava quando entrou em 2017. Segundo ele, a prefeitura tinha uma dívida de R$ 270 milhões, duas folhas de salários atrasados e 13o, direitos e encargos não pagos, débitos imensos com fornecedores e serviços fundamentais paralisados. “Hoje temos a regularidade nos pagamentos dos funcionários, fomos a primeira prefeitura do Brasil região a pagar a primeira parcela do 13o salário, conseguimos implantar direitos que antes estavam apenas no papel e que significam avanços para algumas categorias, como por exemplo, da educação. Antes ganham R$ 800 mais 80% e hoje recebem o piso de R$ 1,5 mil e mais 95%. Reconheço que temos que fazer isso chegar a outras categorias”, afirma, completando que a cidade ainda sofre as consequências do governo anterior e sofrerá ainda por dez anos.

Diferente de falta de médicos, remédios e exames em postos de saúde, hoje, de acordo com o prefeito, isso não existe mais em Barra Mansa. A UPA é considerada pelo Ministério da Saúde como a melhor do estado, assim como o melhor hospital de oncologia. A cidade tem agora uma clínica de Hemodiálise e o maior serviço cardíaco do estado.

Na educação, em termos de comparação, não existia nenhuma escola em tempo integral. Hoje são 11. Alunos não tinham uniformes, atualmente têm o melhor do estado, de acordo com Drable, sem contar as diversas escolas reformadas e a previsão de mais creches inauguradas.

Na segurança, embora não seja obrigação do município, a prefeitura investiu na Ronda Escolar, que é modelo do estado, de acordo com o prefeito. Quando assumiu informou que os carros estavam quebrados. Hoje são nove novos veículos, sem contar os que colocou para funcionar. E isso reflete, devido também a parcerias com as Polícias Civil e Militar, em números baixos de violência, se comparados a outras cidades da região. Mas a prefeitura continua investindo, serão licitadas mais câmeras de segurança, comprados mais veículos, equipamentos, uniformes e o turno da Guarda Municipal passará por mudança.

“Quando você está quebrado, existem duas coisas que podem ser feitas: ou fecha a casa e apaga a luz, ou você pega e administra o problema. E foi isso que fizemos. Cortamos toda a despesa possível, otimizamos o investimento para viver um momento de controle e com muito trabalho chegar ao resultado de uma cidade administrativamente saudável, isto é, com capacidade para pagar dívidas, prestadores, funcionários, ter regularidade entre receita e despesa”, apontou o prefeito ao falar sobre o atual momento financeiro de Barra Mansa, que não é o ideal, mas que é fruto de trabalho transparente e de cabeça erguida.

PÁTIO DE MANOBRAS

O prefeito não poderia deixar de falar nas obras do pátio de manobras, que ficaram paralisadas por sete anos por conta da falta de indefinição das casas que precisariam sair da linha férrea para o término do viaduto. As casas, total de 22, estão sendo construídas no Campo do Ferroviário, previsão de serem entregues ainda neste ano, e a licitação para o término do viaduto da altura da Saint Gobain, construção de ponte rodoviária e vias (Pedro Paulino e Eduardo Junqueira) será no dia 7 deste mês. A previsão do Dnit, órgão responsável pela obra, é terminar a alça do viaduto até o dia 15 de janeiro de 2020. A obra será possível com recurso da bancada parlamentar do Rio de Janeiro, no valor de R$ 15 milhões, eram R$ 19 milhões, mas a União contingenciou R$ 4 milhões, conquistada pelo prefeito no ano passado, em Brasília.

Esse ano, a intenção do prefeito é pleitear mais R$ 19 milhões com a bancada para serem liberados em 2020 para alargamento da Avenida Dario Aragão até a Rua José Marcelino de Camargo, além de três passarelas – na altura do Campo do Ferroviário, Praça da Liberdade e prefeitura. Existem outras etapas do projeto.

MENSAGEM AOS BARRA-MANSENSES

O prefeito Rodrigo Drable deixou uma mensagem aos barra-mansenses neste dia. “A cidade que nós queremos depende do engajamento e envolvimento de todo mundo. Se cada um fizer sua parte, dentro da sua capacidade, é possível que as coisas melhorem a um ponto de um dia termos a Barra Mansa que sonhamos”, concluiu.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !