Nissan interrompe produção por conta da falta de semicondutores

0

RESENDE

A Nissan anunciou para esta semana uma parada em sua linha de produção. O motivo é a falta de semicondutores e outras peças que afeta todo o setor automotivo e, visando equalizar o abastecimento, a empresa decidiu interromper a produção na unidade industrial até sexta-feira, dia 8. A Nissan continua a trabalhar em estreita colaboração com seus parceiros fornecedores para avaliar o impacto na cadeia de suprimentos e produção e o foco principal é manter o mais consistente possível o atendimento às demandas dos clientes e da rede de concessionários.

O que são semicondutores?

Os semicondutores são uma classe de materiais capazes de conduzir correntes elétricas. Eles são matéria-prima para a produção de chips usados nos mais diversos aparelhos eletrônicos, como smartphones, videogames e computadores.

Nos últimos anos, sua utilização nos veículos também cresceu. Atualmente, um modelo SUV de médio porte, tem cerca de 300 chips, segundo o fabricante. E a demanda vai crescer com a popularização dos veículos elétricos e autônomos. Outro motivo é que a tecnologia 5G também exigirá uma maior disponibilidade desse tipo de componente.

De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Márcio de Lima Leite, pelo menos 29 novas fábricas de semicondutores serão inauguradas até o final de 2023, sendo que duas delas, na Alemanha e na Ásia, devem começar a produzir já este ano. Ele afirmou que pelos estudos que estão sendo conduzidos pelo governo, iniciativa privada, universidades e associações, entre elas a própria Anfavea, o pouco mais de R$ 10 bilhões) também para ter novas plantas de produção local de semicondutores, voltadas para a indústria automotiva, já que o Brasil tem fábricas de semicondutores, mas não para o setor automotivo.